Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 12 de julho de 2019.
Dia do Engenheiro Florestal.

Jornal do Comércio

Opinião

COMENTAR | CORRIGIR

Artigo

Edição impressa de 12/07/2019. Alterada em 12/07 às 03h00min

Por uma Porto Alegre mais segura

Rafael Oliveira
Criada em 1892, nossa Guarda Municipal é a mais antiga do Brasil. Inicialmente, era incumbida de zelar pelo patrimônio público, como escolas, postos de saúde e repartições. Mas com a evolução da sociedade, as atribuições e responsabilidades aumentaram. A realidade atual está fazendo com que cada vez mais as Guardas Municipais de todo o País estejam inseridas nas questões que envolvem o ordenamento urbano.
Criada em 1892, nossa Guarda Municipal é a mais antiga do Brasil. Inicialmente, era incumbida de zelar pelo patrimônio público, como escolas, postos de saúde e repartições. Mas com a evolução da sociedade, as atribuições e responsabilidades aumentaram. A realidade atual está fazendo com que cada vez mais as Guardas Municipais de todo o País estejam inseridas nas questões que envolvem o ordenamento urbano.
Atualmente, mesmo que inseridos em um Estado que conta com a excelência de uma Brigada Militar e a eficiência da Polícia Civil, os agentes de segurança municipal têm se tornado fundamentais na união de esforços pela garantia da ordem e segurança.
Neste contexto, a entrega de novas viaturas e armamentos para a Guarda Municipal de Porto Alegre, conquistadas graças à emenda do então deputado federal Nelson Marchezan Júnior (PSDB), agora prefeito da cidade, representa um marco para a segurança dos cidadãos. A capital dos gaúchos está dando um passo à frente na importante missão de proteger e garantir a liberdade dos munícipes.
Foram adquiridos veículos totalmente equipados com GPS, transmissor, sirene e giroflex, além de sistema de vídeo que permite o registro das operações. Além disso, o prefeito Marchezan anunciou que encaminhará à Câmara Municipal um projeto de lei para autorizar a captação de R$ 80 milhões para investimento em Segurança - quase o triplo do que foi investido nos últimos dez anos na área.
Neste século 21, novas tecnologias se agregaram, e a capacitação é constante. Estamos munidos de informação para dar suporte aos órgãos estaduais e com câmeras espalhadas pela cidade para reforçar o combate ao crime. O Cercamento Eletrônico está nas vias de Porto Alegre. São cerca de 850 mil placas de veículos monitorados diariamente para auxiliar no combate a roubos e furtos.
Nossas equipes estão mobilizadas diuturnamente em apoio a operações da Brigada Militar, dos Bombeiros e de diversos órgãos municipais, além do patrulhamento preventivo. Mas a tarefa da segurança pública municipal vai além da repressão. A Guarda atua ainda junto à rede municipal de ensino, divulgando de forma educativa a importância da prevenção à violência e à drogadição no ambiente escolar.
Investir em segurança também garante instituições fortalecidas e uma tranquilidade que fomenta investimentos e empregos geradores de desenvolvimento econômico e social.
Secretário de Segurança de Porto Alegre 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia