Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 25 de junho de 2019.

Jornal do Comércio

Opinião

COMENTAR | CORRIGIR

artigo

25/06/2019 - 16h19min. Alterada em 25/06 às 17h54min

Sustentabilidade e Smart Hospitals

Evandro Moraes
Há nove décadas, o Hospital Moinhos de Vento tem um compromisso assumido de respeito e preocupação com o meio ambiente. A história de seu bosque, área verde preservada, com mais de 3 mil m² na região central da capital gaúcha, confunde-se com o próprio hospital e abriga até hoje uma flora invejável de plantas exóticas e nativas de nossa região, além de fauna diversa, com 18 espécies de aves, algumas de perfil migratório. Pensar a Gestão Ambiental, em um hospital que gera mensalmente mais de 200 toneladas de resíduos, é um grande desafio de gestão. Hoje esta é uma área com prioridade na pauta decisória da instituição.
Há nove décadas, o Hospital Moinhos de Vento tem um compromisso assumido de respeito e preocupação com o meio ambiente. A história de seu bosque, área verde preservada, com mais de 3 mil m² na região central da capital gaúcha, confunde-se com o próprio hospital e abriga até hoje uma flora invejável de plantas exóticas e nativas de nossa região, além de fauna diversa, com 18 espécies de aves, algumas de perfil migratório. Pensar a Gestão Ambiental, em um hospital que gera mensalmente mais de 200 toneladas de resíduos, é um grande desafio de gestão. Hoje esta é uma área com prioridade na pauta decisória da instituição.
Em 2017, criamos o projeto da Central de Transformação de Resíduos, unidade pioneira no mercado hospitalar brasileiro. A partir da construção de uma área exclusiva para essa central, o hospital passou a tratar internamente seus resíduos infectantes, deixando de enviá-los para aterros sanitários. Como consumidor de energia elétrica em grande escala, o Hospital Moinhos de Vento firmou contrato com a terceira maior geradora de energia eólica do mundo para fornecimento deste insumo, de forma dedicada. Além da sustentabilidade financeira, o hospital reafirma seu compromisso de preservação do meio ambiente com a utilização de fontes energéticas alternativas, garantindo o selo verde de geração de energia limpa - eólica. O Hospital Moinhos de Vento também é um dos adotantes do Parcão, tradicional área verde e de lazer de Porto Alegre. Em 2018, foi renovada a parceria com o Município, com a adoção do canteiro central da Avenida Goethe, entre as ruas 24 de Outubro e Mostardeiro, em um projeto denominado Verdes Complementares.
Toda essa lógica de gestão está embasada num tripé consolidado e de relação indissociável: a sustentabilidade ambiental, social e econômico-financeira. Acreditamos que uma sociedade sustentável e socialmente justa é aquela que satisfaz suas necessidades sem diminuir as perspectivas e a segurança de gerações futuras. Vivemos à luz de um consumismo desenfreado, egoísta e inconsequente e esquecemos que o meio ambiente é um todo integrado, que impõe mudanças de comportamento e um novo paradigma, no qual tudo está interligado e onde nossa percepção de mundo passa a ser coletiva - empresas, hospitais, governos e sociedade.
Somos apenas hóspedes deste planeta e precisamos preservá-lo. Uma nova visão de mundo é necessária, que promova a harmonia com a natureza, o uso racional e equilibrado dos seus recursos, a reciclagem consciente e a reutilização do que é possível. E nisso estamos comprometidos a dar o exemplo. Nossa diretriz maior no Hospital Moinhos de Vento é Cuidar de Vidas e o meio ambiente está totalmente integrado neste contexto. Durante o mês de junho, realizamos uma programação especial voltada ao meio ambiente, que contemplou atividades no Bosque e na Casa do Colaborador, que culminará com a realização de um Summit Ambiental neste dia 27 e um passeio ciclístico no dia 29. Buscamos, cada vez mais, ser um Smart Hospital, com soluções pioneiras, inovadoras e disruptivas na gestão ambiental, para nos levar a um futuro equilibrado e em harmonia com a natureza.
Superintendente Administrativo do Hospital Moinhos de Vento
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia