Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 07 de março de 2019.
Dia do fuzileiro naval.

Jornal do Comércio

Opinião

COMENTAR | CORRIGIR

artigo

Edição impressa de 07/03/2019. Alterada em 06/03 às 01h00min

Às mulheres

Daiçon Maciel da Silva
Houve um tempo em que os pais se gabavam caso o filho nascesse homem. Quanta tolice! Certamente se desconhecia ou não se assimilava o poder de uma mulher. Sempre declarei abertamente minha admiração pelas mulheres. A importância daquelas que fazem parte da minha família, que dividem e que já dividiram comigo as tarefas no dia a dia, no trabalho.
Enquanto gestor, sempre optei por ter as mulheres mais próximas, à frente de decisões e ocupando cargos de chefia. Ainda lamento o baixo número de mulheres na política. Penso que nossa sociedade seria mais justa e funcionaria melhor, caso elas estivessem legislando e assumindo o protagonismo também no Executivo.
Além de toda essa competência singular no trabalho, elas são mães. Elas geram, alimentam e educam. Elas conseguem conciliar tantas coisas ao mesmo tempo, que confesso, nós homens, não chegaríamos a um terço do tanto que elas produzem.
E, por isso, elas fazem muita falta quando estão longe. Assim, considerei imprescindível o aumento da licença-maternidade para seis meses para as servidoras públicas municipais. Eu, que sou filho e também sou pai, compreendo a importância da presença da mãe por mais tempo com seus bebês, principalmente para poder alimentá-los exclusivamente com o leite materno. Além disso, também foi concedida a licença-paternidade especial, que pode ser de três meses, no caso de nascimento conjunto de dois ou mais filhos.
Nos dias de hoje, com a mudança do cotidiano das mulheres, que têm tripla jornada, a maioria trabalha fora, também entendo que contar com o apoio do parceiro por mais tempo é fundamental.
Sei que isso não é muito, perto de tudo que elas fazem por nós, mas é uma maneira de sermos mais justos, dentro de nossas possibilidades. Carinho, respeito, compreensão e parceria é o mínimo que podemos oferecer a elas, todos os dias. Feliz Dia Internacional da Mulher.
Prefeito de Santo Antônio da Patrulha (MDB)
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia