Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 06 de fevereiro de 2019.
Dia do Agente de Defesa Ambiental.

Jornal do Comércio

Opinião

COMENTAR | CORRIGIR

artigo

06/02/2019 - 01h00min. Alterada em 06/02 às 01h00min

Acupuntura e depressão

Luiz Sampaio
Oscilações de humor são normais, um dia, sem nenhuma razão acordamos dispostos, cheios de planos e com vontade de estudar, trabalhar, de estar com as pessoas queridas; noutro, também sem nenhuma razão, acordamos melancólicos, sem vontade de sair da cama, querendo ficar quietos e sozinhos. O diagnóstico de depressão é dado quando a oscilação no sentido da melancolia se torna mais constante ou profundo. Não se trata de um sintoma, depressão é um diagnóstico médico. Segundo dados recentes da OMS, o Brasil tem o maior número de pessoas sofrendo de depressão na América Latina, junto com a Ucrânia, Austrália e Estados Unidos apresenta a maior taxa na população mundial - 5,9% ou cerca de 11,5 milhões de pessoas.
O tratamento convencional para depressão está baseado na associação de antidepressivos e ansiolíticos e, nos casos mais severos, antidepressivos, estabilizantes do humor e ansiolíticos.
Estudos recentes em relação ao mecanismo de ação da acupuntura demonstram que os locais onde são inseridas as agulhas - pontos de acupuntura - são ricos em terminações nervosas e células do sistema imune. A estimulação desses locais pela inserção da agulha, via mecanismo bioquímico e nervoso aumenta a secreção de neurotransmissores a exemplo das endorfinas e da serotonina, da noradrenalina e da dopamina. Desse modo a acupuntura se configura como um meio fisiológico de se estimular a liberação dessas substâncias sem a presença dos sintomas coletarias atribuídos aos antidepressivos, tais como sonolência, diminuição da atenção, etc. Os antidepressivos demoram de 10 a 15 dias para atuarem no organismo, a associação desses com a estimulação pela acupuntura, diminui o tempo de ação promovendo uma melhora mais precoce do humor. Importante lembrar que a acupuntura deve sempre ser realizada por um médico, somente esse profissional está capacitado a elaborar diagnósticos com bases nas duas medicinas: tradicional chinesa e ocidental moderna.
Médico acupunturistra e psiquiatra
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia