Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 23 de janeiro de 2019.

Jornal do Comércio

Opinião

COMENTAR | CORRIGIR

Artigos

23/01/2019 - 01h00min. Alterada em 23/01 às 01h00min

Empreender mais

Gilkiane Cargnelutti
O começo de um ano é sempre uma ótima oportunidade para colocarmos novos projetos em andamento. Empreender e desenvolver estratégias e ferramentas que ofereçam soluções inovadoras para velhos problemas é um desafio. No início, os objetivos não precisam ser tão arrojados, mas é imprescindível que sejam viáveis.
O mais importante na construção dessa caminhada nem sempre são as conquistas, muitas vezes são as descobertas e o amadurecimento que nos capacitam a enfrentar novos níveis de dificuldade com mais confiança e sabedoria. Ser criativo e ousado é importante, mas é necessário mais que isso para se tornar um empreendedor. Ler bons livros, viajar e conhecer lugares e culturas diferentes, desenvolver uma rede de network e receber conselhos de pessoas que já passaram pelas mesmas experiências farão de você um líder e, consequentemente, te colocarão no caminho do sucesso.
Estudar nunca é demais. Você já deve ter ouvido essa frase. Mas enganam-se aqueles que pensam que só estudam as pessoas que frequentam as universidades. Mergulhar em livros pode ser tão edificante quanto dois turnos de aula por dia. Mas atenção, isso também serve para as literaturas medíocres, que além de não enriquecerem o vocabulário roubam tempo e afastam do caminho das realizações.
As viagens são a verificação in loco dos processos. Seja para conhecer a maneira de viver de uma sociedade, os valores de determinada empresa ou a culinária gastronômica de um país, viajar é oxigenar e abrir a mente para novas experiências. E uma mente que se abre para uma nova ideia jamais voltará ao seu tamanho original.
Ter bons relacionamentos é uma fortaleza. Conversar e conviver com pessoas que acreditem e estejam dispostas a investir nos teus projetos são como uma ponte que te levam direto para o teu destino. Cerque-se de gente do bem, leia livros que inspirem e faça viagens curtas ou longas. Em 2019, empreenda mais.
Jornalista
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia