Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 23 de janeiro de 2019.

Jornal do Comércio

Opinião

COMENTAR | CORRIGIR

Artigos

Edição impressa de 24/01/2019. Alterada em 23/01 às 01h00min

Papel das fundações no desenvolvimento

Carlos Henrique Castro
As fundações, assim como outras organizações do terceiro setor, conquistaram um importante papel no desenvolvimento da sociedade. Uma pesquisa do IBGE aponta que, no Brasil, existem mais de 7 mil fundações e 290 mil associações sem fins lucrativos. A Região Sul ocupa o terceiro lugar no número de instituições dessa categoria e, segundo a Associação Rio-Grandense de Fundações (ARF), integram o seu quadro 51 associadas, entre fundações, institutos e entidades do terceiro setor.
Esse cenário mostra a importância e o destaque das fundações no contexto social. Hoje, os governos municipais, estaduais e federal têm nas fundações e entidades sociais um forte apoio, seja na área da saúde, da educação, do desenvolvimento humano, de instituições ou da assistência social.
As fundações são destinadas a uma finalidade específica, voltada ao desenvolvimento de comunidades por meio de projetos que agregam valor.
Uma fundação pode ser pública ou privada, tendo o Ministério Público como órgão velador. No final dos anos 1980, o debate em torno da incapacidade do Estado em atender as demandas sociais intensificou a discussão internacional sobre o tema e a necessidade de potencializar a sociedade civil. Ampliou-se a difusão dos conceitos de terceiro setor e de responsabilidade social. No Brasil e no Rio Grande do Sul temos instituições que já fazem história. Em 2018, por exemplo, comemoramos os 45 anos da Fundação Universidade Empresa de Tecnologia e Ciências - Fundatec.
Realizar trabalhos em áreas como ensino, pesquisa e desenvolvimento institucional e tecnológico tem norteado suas ações. Ou seja, a Fundatec surgiu e se configurou como um importante instrumento social e um aliado de alto nível para pessoas e organizações. É, certamente, um exemplo gaúcho a ser seguido.
Presidente da Fundatec
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia