Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 03 de dezembro de 2018.

Jornal do Comércio

Opinião

COMENTAR | CORRIGIR

Artigo

03/12/2018 - 01h00min. Alterada em 03/12 às 02h03min

Trazendo felicidade com Imposto de Renda

Cleo Danilo Jaques
Mais um final de ano e a renovação do esforço para conseguirmos atingir o número de atendimentos projetados como meta para 2018. Toda a equipe mobilizada para receber as crianças e adultos que dependem dos serviços de reabilitação física da Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD) para melhorar a sua condição de vida.
Para esse time, é inaceitável interromper atendimentos por falta de recursos. Até o dia 28 de dezembro, as pessoas físicas e jurídicas podem doar parte do seu Imposto de Renda Devido e ajudar a levar movimento para a vida de muita gente, por meio do Funcriança (Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente), pelo site https://funcriancapoa.procempa.com.br/dadweb/.
Com essa contribuição, será viabilizada a continuidade dos atendimentos àqueles que mais necessitam. Outro dia, pensando em como resolver questões que poderiam impactar nos nossos resultados, passei por um dos corredores que os pacientes percorrem para chegar ao setor de fisioterapia, e uma mãe me disse: "Olhe só isso! Meu filho está muito melhor. Já consegue andar, recebeu sua cadeira de rodas e teremos um final de ano abençoado".
Agradecido e feliz pelo que conseguimos proporcionar, lembrei-me daqueles que sempre nos ajudam a gerar felicidade. Muitos deles nunca receberam diretamente esse tipo de retorno, que acho importante compartilhar. Quem está próximo da dificuldade pode perceber a hora em que se consegue fazer a diferença, quando o tema é saúde. Instituições como a AACD-RS são gratas por receberem este tipo de ajuda. O direcionamento do Imposto de Renda de Pessoas Físicas (IRPF) ou Jurídicas (IRPJ) é fundamental para ajustar as contas orçamentárias, e também para oportunizar momentos como este. É por isso que buscamos mais doadores, assegurando que a sua atitude diminuirá as diferenças e proporcionará alegria, bem-estar e sinceros agradecimentos.
Diretor de Unidades Associação de Assistência à Criança Deficiente 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia