Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 29 de outubro de 2018.
Dia nacional do Livro e Dia mundial de combate ao AVC.

Jornal do Comércio

Opinião

COMENTAR | CORRIGIR

Artigo

29/10/2018 - 01h00min. Alterada em 29/10 às 01h00min

Revolução tecnológica

Sabrina Faccioli Damiani
A tecnologia está em todos os lugares, o tempo todo. Há quem diga que a tecnologia será capaz de transformar o modo como vivemos hoje. E quanto a isso não há dúvidas. Basta rememorarmos o modo de vida que tínhamos há 20 anos e comparar com os dias atuais. A teoria da evolução das espécies, desenvolvida pelo inglês Charles Darwin (1809-1882), afirma que os organismos mais bem adaptados ao meio são aqueles que têm as maiores chances de sobrevivência.
O ser humano precisará adaptar-se, aceitar mudanças, recapacitar-se e ser criativo. Acontece que em um Estado robusto não há muito espaço para a criatividade. Isso significa que o Estado precisará evoluir também. O Brasil atual é pesado, engessado e burocrático. Precisamos de menos Estado e que ele seja leve, capaz de andar na velocidade que o mundo tecnológico impõe. Qual é o plano brasileiro para esse novo mundo? Afinal, para barco sem rumo, não existe vento favorável.
Advogada e associada do IEE
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia