Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 26 de setembro de 2018.
Dia Nacional dos Surdos.

Jornal do Comércio

Opinião

COMENTAR | CORRIGIR

artigo

26/09/2018 - 01h00min. Alterada em 26/09 às 01h00min

Em tempos de...

Conceição Maria Rocha
Crise. Cuidado, hipocrisia em alta! Com efeito, as crises moral, econômica, política e social, que assolam o País, exigem adoção de medidas eficazes, conscientes e rápidas para, em primeiro lugar, resgatar credibilidade nas instituições em geral. Práticas abusivas de empreguismo, partidarizado (entrada pela porta dos fundos), consequente inchaço da máquina pública, de nepotismo cruzado, em todos os setores públicos, de favores negociados, nas coxias públicas e privadas devem ser banidas da vida pública. De igual forma, a criminalidade infantojuvenil motiva "ideólogos do coitadismo", na defesa de teses estapafúrdias: a sociedade, por ser excludente, é a grande culpada!
Tal afirmativa precisa ser repensada, examinada, com critérios justos, substituídas por práticas, possíveis e legais, de ressocialização. Por outro lado, o blá-blá-blá inconsequente e politiqueiro de quem nada fez, como representante do povo, quando estavam em pauta projetos que deveriam ser acatados, para melhor análise, para serem fortalecidos, discutidos e aprofundados. Repete-se: este blá-blá-blá politiqueiro deve acabar! Quem se utilizou do "direito, torto" de fazer oposição por oposição, quem plantou o pior, para colher dividendos eleitoreiros, a posteriori, deve receber cartão de advertência: retorna, na próxima, mais bem-preparado! Importa retirar da vida pública o "carreirista de plantão", corrosivo e abjeto, porque faz a política pela má política, no conhecido toma lá, dá cá, de seus feudos e currais eleitorais, grande chaga aberta que sangra o País. Por isto, eleitor, é tempo de resgatar e revitalizar o voto! Acredite: somente tu tens o poder! Ninguém se elege só com votos de parente e amigos! Eleitor, valoriza o teu voto! Contribui para uma virada de mesa, ajuda nosso País com teu voto consciente para termos cardápio menos indigesto, mais digerível, para o bem de todos!
Em tempo: raciocina, quem, ontem, te julgou incapaz para opinar e decidir, sobre assunto de teu interesse, como o plebiscito/privatização de estatais, hoje, te concede a honra e até te outorga capacidade para votar, e pede tua participação... Hipocrisia em alta! Eleitor, coragem, vota consciente!
Advogada e professora
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia