Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 21 de setembro de 2018.
Dia da Árvore. Dia do Radialista e do Fazendeiro.

Jornal do Comércio

Opinião

COMENTAR | CORRIGIR

Opinião

21/09/2018 - 01h00min. Alterada em 21/09 às 01h00min

A caça de baleias

Danilo Guedes Romeu
Apesar de proibida mundialmente, a caça de baleias ocorre até hoje, porém em menor escala. Japão, Noruega e Islândia são os principais países que desejam o fim da moratória da Comissão Baleeira Internacional (CBI), alegando, entre outros motivos, que existe uma grande demanda pela carne desses animais em seus mercados.
Em recente reunião, a moratória da caça foi mantida por 40 votos a favor, 27 contra e 4 abstenções. Segundo o documento, a verba da Comissão será direcionada completamente para a preservação das baleias, ao invés da caça. Porém, a votação que pode trazer o retorno da caça comercial das baleias foi adiada para os próximos dias em reunião recente da Comissão Baleeira Internacional, que se realizou em Florianópolis (SC).
É preciso que os defensores dos animais estejam atentos a qualquer retorno à caça comercial. Isso pode fazer com que as baleias voltem a enfrentar risco de extinção.
Professor aposentado
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia