Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 12 de setembro de 2018.

Jornal do Comércio

Opinião

COMENTAR | CORRIGIR

artigo

12/09/2018 - 01h00min. Alterada em 12/09 às 01h00min

Gestão eficiente exige ciência

Claudia Abreu
A menina dos olhos daqueles que querem empreender, agir e, acima de tudo, ser gestores. Estamos falando da Administração e do profissional apto para lidar com questões públicas e privadas. No dia 9 de setembro foi comemorado mais um Dia do Profissional de Administração, em homenagem à assinatura da Lei nº 4.769, que regulamentou a profissão no Brasil. Passamos por um período de escolhas decisivas para o Brasil. Recuperamo-nos de uma crise que confirmou a maior recessão da história do País que desestabilizou as finanças, a confiança da sociedade e, especialmente, a gestão.
Crise em que o PIB recuou dois anos seguidos - sequência antes verificada apenas em 1930 e 1931. Porém, diferente de 88 anos atrás, a solução não foi tão simples como queimar 80 milhões de sacas de café. Há também uma crise ética, moral e política: apenas 6% dos brasileiros acreditam no governo federal. Somos um país farto de profissionais que buscam por alternativas. Isso é tão verdade que o número de novas empresas bateu recorde no País no primeiro semestre do ano, com 1,2 milhão de negócios. Mas, infelizmente, também somos fartos de escândalos de corrupção, desvios de recursos e valores. Os debates se restringem a consensos como querer uma educação melhor, atendimento de saúde rápido e qualificado, segurança nas ruas, uma lista de demandas por melhorias do serviço público. No entanto, é preciso assimilar que a solução requer técnica. Fazer mais com menos não é receita de bolo, mas uma regra que só pode ser seguida com planejamento, prazos e metas. Entre a promessa e a execução há um distanciamento que para o bom desempenho do setor público deve terminar.
A data é momento de reflexão, pois somos os protagonistas da luta por um Brasil melhor. Ética significa pensar e agir bem e é com esse recado que parabenizo a todos os profissionais de Administração.
Presidente do CRA-RS
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia