Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 29 de agosto de 2018.
Dia Nacional do Combate ao Fumo.

Jornal do Comércio

Opinião

COMENTAR | CORRIGIR

artigo

Alterada em 29/08 às 01h00min

Um ano de impasses e muitas possibilidades

André Salles
O ano de 2018 não tem sido fácil para o setor lácteo brasileiro. Baixos preços, margens ajustadas e dificuldades logísticas levaram a uma catastrófica greve que parou a produção e impactou tanto o campo quanto a indústria. Reflexos claros das dificuldades que surgem para quem decide investir no Brasil, um país de instabilidades e de empreendedores corajosos. Completando três anos de Brasil, a Lactalis enxerga, nesse cenário aparentemente conturbado, um grande potencial de crescimento. Ao lado de nossos mais de 8 mil produtores parceiros, mantivemos coerência em nossa política de investimentos no País na busca pela consolidação do status de maior player do mercado do leite nacional.
Em maio passado, foi preciso fechar as portas por falta de condições de transporte para fazer ver que já era hora de buscar novas estratégias logísticas. E foi exatamente isso que a Lactalis fez. Passada a greve, novos sistemas para o transporte de leite passaram a ser estudados. Apesar de o modelo ainda estar em análise, sabe-se que projetos similares aos adotados pelo grupo na Europa podem ser uma alternativa viável ao Brasil.
A Lactalis está atenta à qualidade de sua produção e vem investindo na melhoria da gestão e desempenho dos tambos onde capta seu leite. Pensando nisso, pretende reunir produtores e convidados em um ciclo de palestras técnicas para estreitar ainda mais a relação com os produtores e fornecedores.
Uma responsabilidade que só faz aumentar nosso comprometimento em solo brasileiro, onde tem 5 mil funcionários em 14 unidades. No mundo, está em 88 países, envolvendo 80 mil funcionários, com 250 fábricas e 19 bilhões de litros de leite captados por ano. Expansão que só foi possível pela valorização dos produtores e fornecedores, e, acima de tudo, pelo compromisso com nosso maior parceiro: o consumidor. A Lactalis não está no Brasil por acaso. Estamos aqui para somar esforços e crescer. E faremos isso!
CEO da Lactalis do Brasil
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia