Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 27 de junho de 2018.

Jornal do Comércio

Opinião

COMENTAR | CORRIGIR

artigo

Alterada em 27/06 às 01h00min

A inserção do biogás na matriz energética

Suelen Paesi
A produção de energia a partir da aplicação dos resíduos de agroindústrias já é bem conhecida nas tecnologias de energias renováveis. Nos países em que as legislações ambientais são muito rígidas, vários parques de produção de biogás se distribuem ao longo da cadeia produtiva, gerando produtos de interesse econômico, como metano, energia elétrica, calor, fertilizante e coprodutos. A implementação de sistemas de geração de biogás deve envolver vários segmentos da sociedade, entre eles a agroindústria (polo gerador de insumos), financeiras, áreas governamentais e instituições de ensino.
No caso das universidades, contemplam uma parcela de responsabilidade no que diz respeito à formação de recursos humanos nos níveis de graduação, pós-graduação e técnica. Ao mesmo tempo, as instituições de Ensino Superior estão ligadas às pesquisas que garantirão o sucesso da implantação da produção de biogás, já que a inovação tecnológica requer adaptações locais de implantação para esse processo.
O biogás é um processo biológico gerado por um consórcio de micro-organismos que merecem toda a atenção no que se refere à sua composição e à atuação na biorrefinaria. Contudo os institutos de pesquisa se veem descobertos, pelas entidades de fomento estadual e federal, para financiar suas investigações. Por isso uma alternativa para o custeio das pesquisas seria uma fonte de renda própria da rede do biogás que se acumulasse para dar robustez à investigação científica e garantir o sucesso do processo. Debater essas questões é necessário.
O Fórum Sul Brasileiro de Biogás e Biometano debateu as ações futuras para produção de biogás e as condições necessárias para geração de novos negócios na Região Sul.
Professora de Pós-Graduação em Biotecnologia e em Engenharia e Ciências Ambientais
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia