Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

COMENTAR |
DIREITOS HUMANOS Notícia da edição impressa de 11/05/2022. Alterada em 11/05 às 03h00min

Cachoeirinha busca ações voltadas aos imigrantes da cidade

O prefeito de Cachoeirinha, Cristian Wasem, recebeu em seu gabinete representantes do município de Canoas para tratar sobre ações voltadas para o acolhimento de imigrantes. O objetivo da reunião foi aprofundar o conhecimento sobre o trabalho desenvolvido na cidade vizinha, a fim de implantar políticas específicas para Cachoeirinha.

A cidade da Região Metropolitana recebeu muitos imigrantes venezuelanos e haitianos  e agora está recebendo outros imigrantes e refugiados, de outras nacionalidades inclusive. Eles estão procurando a cidade atrás de parentes ou simplesmente para residir no município. Um exemplo ocorreu nesta semana, quando a Secretaria Municipal de Assistência Social, Cidadania e Habitação recebeu o pedido de ajuda de um venezuelano que não possuía documento oficial de entrada no país.

A cidade de Canoas trabalha com o foco no atendimento para a confecção de todos os documentos para os imigrantes e refugiados junto à Polícia Federal (PF), além da busca de parcerias para o aprendizado da Língua Portuguesa. Já está se preparando para aumentar as parcerias para o ensino específico da Língua Portuguesa, pois os imigrantes vinculados à Educação de Jovens e Adultos (EJA) não tiveram o resultado esperado. Devido ao trabalho realizado pela cidade, a cidade chegou a receber um micro-ônibus do Ministério da Cidadania para o transporte de imigrantes e refugiados, devido a uma parceria por aceitar refugiados venezuelanos.

Comentários CORRIGIR TEXTO
CONTEÚDO PUBLICITÁRIO