Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

COMENTAR |
MUNICÍPIOS Notícia da edição impressa de 10/05/2022. Alterada em 10/05 às 03h00min

Presos de Canela passam a trabalhar em serviços de Gramado

Através de uma ação inédita entre a prefeitura de Gramado e a Penitenciária Estadual de Canela (Pecan), pessoas privadas de liberdade têm a oportunidade de ressocialização através de atividades em prol da sociedade. O município firmou uma parceria para que os presos possam realizar trabalhos de limpeza de locais públicos. É o caso de um grupo de internos que está roçando e capinando o Loteamento Celita.

O secretário de Obras e Serviços Urbanos, Rafael Ronsoni comemora a parceria e destaca a importância da ressocialização dos detentos. "Com os presos trabalhando em serviços de manutenção e limpeza, temos um retorno social muito grande. Isso resgata a dignidade do preso e o prepara para o convívio social. Tive a oportunidade de conhecer a Penitenciária Estadual de Canela e não podemos fechar os olhos para a realidade que vivemos em nossa sociedade. É preciso a união de todos em prol do resgate dos detentos e suas famílias", disse.

Já para o prefeito Nestor Tissot, que retornou ao paço municipal nesta segunda-feira (9) após ser submetido a procedimento cirúrgico, Gramado mostra que é possível construir uma sociedade mais humanizada. "Não estamos discutindo o que cada um fez no passado, Gramado apresenta para a região uma solução viável aos problemas da sociedade. Ficamos felizes com a parceria que firmamos com a Pecan, afinal, muitas das pessoas que estão no local também são gramadenses e merecem a oportunidade de ressocialização", destacou.

Comentários CORRIGIR TEXTO
CONTEÚDO PUBLICITÁRIO