OLÁ, ASSINE O JC E TENHA ACESSO LIVRE A TODAS AS NOTÍCIAS DO JORNAL.

JÁ SOU ASSINANTE

Entre com seus dados
e boa leitura!

Digite seu E-MAIL e você receberá o passo a passo para refazer sua senha através do e-mail cadastrado:


QUERO ASSINAR!

Cadastre-se e veja todas as
vantagens de assinar o JC!


Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

COMENTAR |
Notícia da edição impressa de 11 de Janeiro de 2022.

PELOTAS -

O estoque de sangue do Hemocentro Regional de Pelotas (HemoPel) está, novamente, em situação crítica para os tipos O e O-. O estoque está 90% abaixo do necessário para o limite considerado seguro. O atendimento para doações é de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 17h30, sem fechar ao meio-dia e, embora os demais tipos estejam com estoque estável, é importante que os doadores compareçam para que não faltem. O HemoPel é responsável por abastecer três hospitais da cidade - São Francisco de Paula, Pronto Socorro e Beneficência Portuguesa - além de outros 23 municípios das regiões Sul e da Campanha. A queda no número de doações coloca em risco a vida de pessoas que fazem tratamento com sangue e seus derivados, assim como de vítimas de acidentes, ou seja, qualquer pessoa pode precisar de sangue.

O estoque de sangue do Hemocentro Regional de Pelotas (HemoPel) está, novamente, em situação crítica para os tipos O e O-. O estoque está 90% abaixo do necessário para o limite considerado seguro. O atendimento para doações é de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 17h30, sem fechar ao meio-dia e, embora os demais tipos estejam com estoque estável, é importante que os doadores compareçam para que não faltem. O HemoPel é responsável por abastecer três hospitais da cidade - São Francisco de Paula, Pronto Socorro e Beneficência Portuguesa - além de outros 23 municípios das regiões Sul e da Campanha. A queda no número de doações coloca em risco a vida de pessoas que fazem tratamento com sangue e seus derivados, assim como de vítimas de acidentes, ou seja, qualquer pessoa pode precisar de sangue.

Comentários CORRIGIR TEXTO
CONTEÚDO PUBLICITÁRIO

Leia também

Desde 1996 o Jornal Cidades dedica-se exclusivamente a evidenciar os destaques dos municípios gaúchos. A economia de cada região é divulgada no jornal, que serve também de espaço para publicação de editais de licitação. Entre em contato conosco e anuncie nessa mídia adequada e dirigida às Prefeituras de todo o RS.

Informações e anúncios - Fone: (51) 3221.8633
E-mail: [email protected]


www.jornalcidades.com.br