Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

COMENTAR |
CORONAVÍRUS Notícia da edição impressa de 15/10/2021. Alterada em 15/10 às 03h00min

Operação apura fraude em vacinação em Dom Pedrito

O Ministério Público cumpriu, nesta quinta-feira (14), seis mandados de busca e apreensão em Dom Pedrito para apurar a ocorrência de fraude, realizada por meio de Instituição de Longa Permanência para Idosos, para viabilizar a vacinação antecipada de um grupo de pessoas. Durante o cumprimento dos mandados, foram apreendidos documentos, equipamentos de informática, celulares e medicamentos controlados sem a respectiva receita.

Conforme os promotores de Justiça de Dom Pedrito, Leonardo Giron e Diogo Gomes Taborda, a análise da documentação apreendida irá viabilizar o prosseguimento da apuração dos fatos. De acordo com representação recebida pelo órgão, as fraudes teriam ocorrido em janeiro deste ano. Na ocasião, pessoas que não teriam vínculo com a instituição estariam sendo vacinadas, como se possuíssem relação com a instituição. A operação contou com a participação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), por meio do seu secretário executivo, João Beltrame, e servidores do Grupo, além da Brigada Militar.

Comentários CORRIGIR TEXTO
CONTEÚDO PUBLICITÁRIO
Av. João Pessoa, 1282 - Farroupilha
Porto Alegre - RS - CEP 90040-001
Fone (51) 3213.1300