Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

COMENTAR |
abastecimento Notícia da edição impressa de 30/07/2021. Alterada em 30/07 às 03h00min

Contas de água em Novo Hamburgo serão reajustadas em 11,5% a partir de domingo

Comusa afirmou que percentual fazer parte da inflação desde 2019

Comusa afirmou que percentual fazer parte da inflação desde 2019


/JOÃO MATTOS/ARQUIVO/JC

A tarifa de água em Novo Hamburgo fica mais cara a partir deste domingo (1). A Comusa teve o reajuste inflacionário pelo Índice Nacional de Preço ao Consumidor (INPC), aprovado pela Agência Reguladora Intermunicipal de Saneamento (Agesan). O percentual será de 11,54% para a tarifa residencial básica e 11,48% para a tarifa social.

A alteração foi suspensa em 2020 devido à pandemia e desde 2019 a Comusa não reajusta seus valores básicos. "É importante lembrar que a autarquia precisa pagar mais de R$ 140 milhões em precatórios. Ainda assim, não houve reajuste acima da inflação, apenas o INPC", explica o diretor-geral da Comusa, Márcio Lüders.

A Comusa afirmou que o reajusta é uma "reposição inflacionária e não de aumento de tarifa". Na região, o Semae, de São Leopoldo, teve reajuste de 20% no início deste ano, valor que serve para equilibrar as contas da autarquia e manter o serviço prestado.

Comentários CORRIGIR TEXTO
CONTEÚDO PUBLICITÁRIO
Av. João Pessoa, 1282 - Farroupilha
Porto Alegre - RS - CEP 90040-001
Fone (51) 3213.1300