Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

COMENTAR |
AGRONEGÓCIO Notícia da edição impressa de 13/07/2021. Alterada em 15/07 às 03h00min

Família de Teutônia aposta na sucessão para manter aviários

Luiz Fernando e Merice Brummelhaus Strate, junto com o filho Mikael, têm uma criação de 55 mil frangos

Luiz Fernando e Merice Brummelhaus Strate, junto com o filho Mikael, têm uma criação de 55 mil frangos


/Samuel Dickel Bünecker/DIVULGAÇÃO/CIDADES

O agronegócio é um dos setores mais essenciais da sociedade. Além de ser protagonista por produzir alimentos, a área também tem sua importância por garantir, em muitos casos, que os jovens permaneçam na propriedade e sucedam a atividade de seus pais. É o que se verifica na localidade de Boa Vista Fundos, em Teutônia, no Vale do Taquari, na propriedade de Luiz Fernando e Merice Brummelhaus Strate. Com três aviários e a criação média de 55 mil frangos, o casal aposta todas as suas fichas no filho, Mikael Luiz, 16 anos. Tanto que já projetam a construção de um quarto aviário.

A família é exemplo de superação, considerando-se recente episódio vivido na propriedade. Merice recorda do dia 19 de dezembro de 2010, quando a ventania de um temporal atípico para a região derrubou o primeiro aviário. "E eu estava lá dentro, sorte que o Mikael não estava comigo. Na ocasião, 'levantou' um temporal do lado da Linha Catarina e eu só escutei quando, do fundo do aviário, tudo começou a ceder. Corri em direção à porta que estava engatada, e vi tudo desabando ao meu redor. Por milagre, nada aconteceu comigo. Foi uma grande chance divina para recomeçar", lembra.

Com a ajuda de mais de 80 vizinhos e amigos, os Strate não desistiram e reconstruíram o primeiro aviário, ampliando para três criatórios com o passar dos anos. A família reconhece e agradece imensamente a todas as pessoas e empresas que ajudaram no momento de dificuldade. "Foi uma ajuda muito importante para que conseguíssemos nos reerguer e seguir no ramo avícola", salienta Luiz Fernando.

Estudante do segundo ano do ensino médio da Escola Estadual Gomes Freire de Andrade, Mikael sente-se muito motivado a contribuir com as atividades e, futuramente, dar seguimento ao que foi erguido pelos pais com muito suor, esforço e perseverança para manter o legado. "Sonho em frequentar um curso de técnico em agropecuária muito em breve, para poder colaborar ainda mais com o desenvolvimento da nossa produção. Com o apoio dos pais tudo fica mais fácil e, quando se faz o que se gosta, tudo funciona melhor", assinala o jovem.

Comentários CORRIGIR TEXTO
CONTEÚDO PUBLICITÁRIO
Av. João Pessoa, 1282 - Farroupilha
Porto Alegre - RS - CEP 90040-001
Fone (51) 3213.1300