Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

COMENTAR |
PESQUISA Notícia da edição impressa de 11/06/2021. Alterada em 11/06 às 03h00min

RGE e UFSM apresentam projetos de gestão de energia

A RGE e a Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) finalizaram três de cinco projetos de pesquisa e desenvolvimento que estavam sendo desenvolvidos em parceria desde 2016. No total, a companhia investiu R$ 6,5 milhões em inovações que podem garantir uma melhor gestão da energia na universidade e, também, no dia a dia dos clientes.

Um dos projetos concluídos foi um sistema inovador de gestão de gerenciamento da energia elétrica gerada e consumida na UFSM, criando o conceito de Campus Inteligente. Com investimento total de R$ 1 milhão, agora a universidade poderá ter um monitoramento em tempo real do seu consumo de energia, controlar a iluminação pública por telecomando, aproveitar melhor a usina de geração solar fotovoltaica instalada no ano de 2018 e ter uma gestão mais eficiente dos sistemas internos de climatização e iluminação. Com isso, a estimativa é que haja uma economia de R$150 mil por ano nos custos com energia.

Outro projeto finalizado foi uma plataforma de inteligência computacional para a operação de redes elétricas em tempo real, com enfoque em regiões com características rurais. Esta tecnologia, que teve investimento de R$ 2,97 milhões, permite detectar e restaurar episódios de interrupção de energia com mais rapidez, reduzir os índices de perdas de energia, melhorar a qualidade do fornecimento ao consumidor e garantir uma operação mais eficiente.

Este projeto contribuiu para a montagem de um laboratório vivo de testes das soluções desenvolvidas, no Campus da UFSM, agregando medidores inteligentes de energia, religadores, bancos capacitores e até mesmo controle de sistema de iluminação pública, sendo toda esta infraestrutura coberta por uma rede de comunicação de longo alcance e baixo consumo de energia, chamada LoRaWan. Além disso, o projeto resultou na publicação de mais de 30 artigos científicos da UFSM.

Já o terceiro projeto contou com investimento de R$ 1 milhão, aplicado no desenvolvimento de metodologias para dimensionamento e alocação de equipes para atendimento à demanda. O uso da tecnologia permite um melhor planejamento dos serviços a serem realizados, dando mais agilidade ao trabalho.

Comentários CORRIGIR TEXTO
Av. João Pessoa, 1282 - Farroupilha
Porto Alegre - RS - CEP 90040-001
Fone (51) 3213.1300