Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

COMENTAR |
AGRONEGÓCIO Notícia da edição impressa de 03/05/2021. Alterada em 03/05 às 03h00min

Produção de lavanda traz oportunidades em Sapiranga

Sérgio Schneider tem 8 mil mudas plantadas e projeta triplicar a produção, além de criar uma rota turística

Sérgio Schneider tem 8 mil mudas plantadas e projeta triplicar a produção, além de criar uma rota turística


/PREFEITURA DE SAPIRANGA/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Trabalhadores rurais realizaram a primeira colheita de lavanda em Sapiranga, que vai virar óleo essencial. Cerca de 1,5 hectares foram utilizados para a produção da planta, revelando um cenário de cor roxa com o céu azul do morro. O produtor Sérgio Schneider, da localidade de Picada dos Nabos, no Morro Ferrabraz, é pioneiro em produção de lavanda em Sapiranga.

"O projeto é triplicar o tamanho ainda neste ano. Atualmente são em torno de 7 a 8 mil mudas, mas vamos ampliar para 20 a 25 mil. A lavanda se adaptou muito bem aqui, o clima é muito bom, o solo é bom", destaca Schneider. Apesar da produção  estar em fase introdutória na propriedade a expectativa de bons negócios é grande. "Iniciei o plantio com 200 mudas e depois aumentei para 5 mil. Agora vou fazer um investimento maior. A ideia é construir um lavandário e trabalhar na cadeia produtiva."

Apaixonado por abelhas, o produtor se dedicou a produzir mel de qualidade e nesse sentido trabalhou o solo da propriedade livre de produtos químicos. Para aumentar a quantidade de colmeias era necessário que o sítio tivesse abundantes floradas que as abelhas pudessem se alimentar. "Aqui, a lavanda floresce o ano todo e atraem as abelhas", comemora o produtor. "A minha ideia com esse plantio era atender cerca de 50 colmeias que possuo. A partir de uma visita da Emater de Sapiranga recebi a informação que poderia ganhar dinheiro colhendo a lavanda, pois quanto mais se corta a planta, mais ela brota. Estou encantado com a lavanda, pois ela atende minhas necessidades com as abelhas e agora também com a finalidade dos óleos essenciais", afirmou.

Por meio da Emater de Sapiranga, o agricultor teve encontro com Ari Closs, da cidade de Morro Reuter, que é hoje o maior produtor de lavanda do Rio Grande do Sul, para troca de experiência entre produtores. "A Emater sempre vem contribuindo e também sempre estamos em contato com o secretário de Agricultura, Valdes Cavalheiro de Araújo. A nossa ideia é incrementar a produção de lavanda", afirmou ele, que afirmou ter o plano de, no futuro, usar a propriedade de 12 hectares para incentivar o ecoturismo.

Comentários CORRIGIR TEXTO
Av. João Pessoa, 1282 - Farroupilha
Porto Alegre - RS - CEP 90040-001
Fone (51) 3213.1300