Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

COMENTAR |
VAREJO Notícia da edição impressa de 27/04/2021. Alterada em 27/04 às 03h00min

Gastos no Dia das Mães serão menores em Caxias do Sul

Pesquisa da CDL local apontou que tíquete médio será de R$ 183, um pouco menos que os R$ 190 de 2020

Pesquisa da CDL local apontou que tíquete médio será de R$ 183, um pouco menos que os R$ 190 de 2020


/MARCO QUINTANA/ARQUIVO/CIDADES

O comércio de Caxias do Sul deve repetir o desempenho de vendas do Dia das Mães do ano passado. A segunda principal data comemorativa para o varejo - ficando atrás apenas do Natal - promete movimentar as lojas nos próximos dias. De acordo com a pesquisa de intenção de compras apurada pela Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) Caxias do Sul, 44,60% dos moradores irão adquirir produtos para a celebração.

Em 2020, o levantamento identificou que 45,80% dos caxienses iriam às compras e em 2019 esse percentual era de 66%. Se comparado com a pesquisa de 2019, quando não havia casos de coronavírus, o desempenho nas vendas do Dia das Mães deste ano pode ter uma redução de cerca de 20%. 

Em 2021, o tíquete médio de investimento será um pouco menor em relação ao ano anterior, com previsão de gastos de R$ 183,00. Em 2020 o valor era de R$ 190 e em 2019 foi de R$ 177,89 por cliente. Itens de vestuário e moda e de beleza e cuidado pessoal devem seguir como os mais procurados.

Quase 60% da população afirmou que pesquisa os preços antes de comprar. Entre os entrevistados, 98% irão comprar nas lojas locais (físicas ou digitais), sendo a maioria delas em estabelecimentos de rua no Centro (64,20%) da cidade

"Os entrevistadores identificaram e nos relataram que muitos participantes sofreram perdas recentes para a Covid-19 e outras revelaram que estão com familiares internados. O grande aumento no número de óbitos em março e o crescimento exponencial nos casos impactou a população, deixando-a assustada, e isto também afeta um pouco a confiança na hora das compras, já que o Dia das Mães é uma data muito emotiva. Percebemos que os entrevistados estão muito abalados, mais do que em outras pesquisas. Com aumento repentino, a doença chegou mais próxima das pessoas", pontua o gerente administrativo financeiro da CDL Caxias, Carlos Alberto Cervieri.

Característico dos caxienses em todas as datas comemorativas, três em cada quatro pessoas devem ir às compras na semana do Dia das Mães, sendo que um terço deve ir na véspera (sábado). A preferência do pagamento deve ser em dinheiro, para 56,6% dos entrevistados. "Vamos ter uma busca muito grande na proximidade da data, mais do que em outros anos. Ao público, nossa sugestão é que as pessoas antecipem suas compras, não deixem para a última hora, para evitar aglomerações. Aos lojistas, reforçamos nosso pedido para que continuem também seguindo todos os protocolos e medidas restritivas", salienta Carlos Alberto Cervieri

Um dado que chama a atenção é de que 70,3% dos consumidores que responderam aos questionamentos farão o tradicional almoço de Dia das Mães em casa e apenas 1,4% irão a restaurantes. Os demais entrevistados (28,3%) disseram que não vão fazer a refeição em família.

A pesquisa de intenção de compras da CDL Caxias do Sul foi realizada entre os dias 12 e 14 de abril, por telefone, com 387 moradores de diferentes pontos de Caxias do Sul. O levantamento tem índice de confiança de 95% e margem de erro de 5% para mais ou para menos.

Comentários CORRIGIR TEXTO
Av. João Pessoa, 1282 - Farroupilha
Porto Alegre - RS - CEP 90040-001
Fone (51) 3213.1300