Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

COMENTAR |
EMPREENDEDORISMO Notícia da edição impressa de 07/04/2021. Alterada em 08/04 às 03h00min

Camaquã e São José do Norte apresentam resultados de projeto com o Sebrae

As cidades de Camaquã e São José do Norte completaram um ano de adesão ao programa Cidade Empreendedora, projeto do Sebrae para estimular os empresários locais. As cidades apresentaram um balanço das mudanças a partir da instalação do projeto.

Em Camaquã, foram desenvolvidas ações voltadas ao sistema de licenciamento automático, no qual o usuário possui um ambiente único e digital junto aos órgãos estaduais e à prefeitura, que já possui integração com a Junta Comercial e integração à Rede Simples. Está sendo também aprimorado o sistema de inspeção municipal, ampliando o mercado para as agroindústrias locais, que passaram a integrar o sistema estadual e federal. 

Já em São José do Norte, durante o período, foram desenvolvidas ações de políticas públicas semelhantes. A educação empreendedora realizou a Jornada da Educação e outras ações que capacitaram professores e impactaram centenas de alunos de escolas municipais. "Tudo isso faz com que, cada vez mais, os cidadãos de São José do Norte tenham o desejo de empreender e, com isso, melhorar a sua condição de vida e, consequentemente, melhorar a condição da cidade em que nós vivemos", avalia a prefeita de São José do Norte, Fabiany Zogbi Roig.

Outra ação que ajuda a direcionar as ações nos municípios foi o diagnóstico municipal, que mostrou quais os diferenciais podem ser explorados em evento virtual com a economista Patrícia Palermo. São José do Norte tem uma população de mais de 25 mil habitantes e o comércio concentra 53% das atividades econômicas, seguido pelo segmento de serviços com 33%, indústria de transformação com 5%, agropecuária, extração vegetal, caça e pesca com 5% e construção civil com 3%. O potencial de consumo urbano do município é de R$ 333 milhões e 69% da população é potencialmente ativa.

Em Camaquã, o trabalho analisou os dados de sete áreas e seus perfis, e sugeriu melhorias em alguns pontos de atenção para a gestão pública municipal. O município ocupa a 39ª posição no ranking estadual e o seu potencial de consumo urbano é R$ 1.257 milhão. O comércio e o setor de serviços têm o maior peso na economia da cidade, com uma participação, com 79% no total.

Comentários CORRIGIR TEXTO
Av. João Pessoa, 1282 - Farroupilha
Porto Alegre - RS - CEP 90040-001
Fone (51) 3213.1300