Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

COMENTAR |
ENSINO SUPERIOR Notícia da edição impressa de 17/03/2021. Alterada em 17/03 às 03h00min

Univates garante primeiro registro de patente junto ao Inpi

A Universidade do Vale do Taquari (Univates) comemorou a aprovação do seu primeiro registro de patente. A informação sobre o deferimento foi comunicada pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial (Inpi), órgão máximo de regulação vinculado ao Ministério da Economia. Os dados foram publicados na Revista da Propriedade Industrial (RPI) do Inpi.

A instituição encaminhou, em março de 2015, o pedido de patente de uma pomada com potencial cicatrizante à base da seiva da planta conhecida como sangue-de-dragão. O produto é usado para o tratamento de úlceras de pacientes diabéticos. À época, em estudos pilotos realizados com pessoas com Diabetes Mellitus, a pomada pesquisada pela professora doutora Claudete Rempel e pelo então mestrando Daniel Silveira da Silva, com apoio da doutora Franciele Dietrich, apresentou resultados promissores que motivaram o interesse da Instituição em seguir estudando a planta e o composto.

O registro da patente é o sinal verde para a condução de estudos clínicos, em escala mais ampla, com objetivo de expandir o conhecimento sobre as propriedades da planta. A concessão também garante a possibilidade de produção e, até mesmo, de comercialização da pomada com potencial de cicatrização. 

Comentários CORRIGIR TEXTO
Av. João Pessoa, 1282 - Farroupilha
Porto Alegre - RS - CEP 90040-001
Fone (51) 3213.1300