Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

COMENTAR |
RODOVIAS Notícia da edição impressa de 15/03/2021. Alterada em 15/03 às 03h00min

Daer obtém renovação por 10 anos de licenças da Rota do Sol

As ações de preservação ambiental do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) garantiram a renovação por 10 anos da licença de operação nas rodovias RSC-453 e ERS-486, na Rota do Sol. Emitido neste mês pelo Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), o documento trata dos 53,5 quilômetros entre Tainhas e Terra de Areia, incluindo a interseção com a BRS-101.

A licença estabelece regras para a conservação, restauração, manutenção e até tráfego nas rodovias estaduais. No caso da Rota do Sol, a autorização anterior contava com validade de seis anos. "Essa dilatação do prazo até 2031 desburocratiza a atuação nessas rodovias", destaca o diretor-geral do Daer, Luciano Faustino. "É um reconhecimento do empenho da autarquia em minimizar os impactos ambientais nas estradas que atravessam a Reserva Biológica Estadual Mata Paludosa", destaca.

De acordo com a engenheira civil Bibiana Fogaça, coordenadora técnica do grupo de trabalho da Rota do Sol, a manutenção da licença de operação está condicionada ao cumprimento de normas ambientais. "É um compromisso que assumimos com a sociedade gaúcha em conservarmos a vegetação e fauna silvestres. Não estamos autorizados, por exemplo, a cortar a mata no entorno das rodovias", esclarece.

Entre as exigências, também está o combate a acidentes com produtos perigosos. Para reduzi-los, o Daer proibiu a circulação de cargas com substâncias desse tipo entre Tainhas e Terra de Areia. A exceção são os caminhões que realizam o abastecimento a postos de combustíveis existentes ao longo do segmento.

Comentários CORRIGIR TEXTO
Av. João Pessoa, 1282 - Farroupilha
Porto Alegre - RS - CEP 90040-001
Fone (51) 3213.1300