Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

COMENTAR |
SAÚDE Notícia da edição impressa de 26/02/2021. Alterada em 01/03 às 03h00min

Tanque de oxigênio para pacientes é instalado em UPA de Canoas

Medida foi tomada preventivamente para atender pacientes Covid

Medida foi tomada preventivamente para atender pacientes Covid


/Matheus Tomaz/DIVULGAÇÃO/CIDADES

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Rio Branco, em Canoas, recebeu o reforço de um tanque de oxigênio para atendimento aos pacientes que apresentam problemas respiratórios e precisam de suporte. O equipamento, instalado na semana passada, tem capacidade de 2.000 litros. A medida é preventiva diante do aumento do consumo de oxigênio para terapia de pacientes com síndrome respiratória aguda grave, como a Covid-19.

As duas unidades de pronto atendimento do município contam agora com tanques de oxigênio. Na UPA Boqueirão, o equipamento, com capacidade de três mil litros, passou a operar na semana passada. Embora não houvesse falta de oxigênio na cidade, a capacidade de armazenamento dos tanques tranquiliza a operação dos dois serviços, explica o secretário adjunto da Saúde, Luiz Octavio Martins Mendonça.

O fornecimento ocorria, até então, via cilindros de oxigênio, que precisavam ser trocados ao longo do dia. Já com os tanques, o oxigênio passa a ser canalizado por toda a estrutura das unidades. O oxigênio é utilizado no auxílio da respiração de pacientes, nebulização, casos de intubação e no tratamento de doenças respiratórias. Com isso, o paciente pode ficar mais de 24 horas na unidade de pronto atendimento, caso haja a necessidade.

Comentários CORRIGIR TEXTO
Av. João Pessoa, 1282 - Farroupilha
Porto Alegre - RS - CEP 90040-001
Fone (51) 3213.1300