Materiais de pesca apreendidos em represas são destruídos em Caxias do Sul - Jornal Cidades
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

COMENTAR |
MEIO AMBIENTE Notícia da edição impressa de 21/01/2021. Alterada em 21/01 às 03h00min

Materiais de pesca apreendidos em represas são destruídos em Caxias do Sul

Instrumentos foram inutilizados e enviados para o aterro sanitário

Instrumentos foram inutilizados e enviados para o aterro sanitário


/Natalí Gubert/Divulgação/Cidades/JC

O Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae) destruiu, na terça-feira (19), os materiais de pesca apreendidos junto às áreas de propriedade da Autarquia. A Companhia de Desenvolvimento de Caxias do Sul (Codeca) utilizou um rolo compressor para inutilizar os instrumentos, os quais serão enviados para o aterro sanitário.

Para o Diretor-Presidente do Samae, Gilberto Meletti, o ato de destruição dos equipamentos condiz com o trabalho de preservação dos mananciais. "Os itens recolhidos referem-se ao fato de que houve, de forma indevida, a prática de algum ato no em torno das bacias de captação do município, causando riscos significativos ao meio ambiente. A proibição inclusive previne qualquer tipo de acidente, preservando também a integridade das pessoas", reforça.

O material foi apreendido no período entre agosto de 2016 a novembro de 2020, nas represas Maestra, Dal Bó, Samuara, Faxinal e Marrecas, com apoio da Guarda Municipal (GM).

Comentários CORRIGIR TEXTO
Av. João Pessoa, 1282 - Farroupilha
Porto Alegre - RS - CEP 90040-001
Fone (51) 3213.1300