Vale do Sinos bate novo recorde de casos ativos da doença - Jornal Cidades
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

COMENTAR |
CORONAVÍRUS Notícia da edição impressa de 14/12/2020. Alterada em 14/12 às 03h00min

Vale do Sinos bate novo recorde de casos ativos da doença

Um novo levantamento sobre a pandemia de Covid-19 no Vale do Rio dos Sinos foi divulgado no fim de semana. A taxa de ocupação nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) dos hospitais da região está em 100% e o número de novos casos confirmados em uma semana é o maior desde o início da pandemia: 2.745. Para a pesquisa, foram considerados os dados regionais e estaduais.

 Os dados demonstram que, desde o início de novembro, a pandemia está em franca ascensão, com crescimento exponencial e pior do que no auge do inverno. O número máximo de casos atingidos em uma semana havia sido em julho, com 1.942 novos casos de Covid-19; porém, desde o dia 20 de novembro, as contagens ultrapassam os 2.000 a cada semana, chegando ao recorde de 2.745 na sexta-feira (11). Em números absolutos, a região do Vale do Sinos acumula um total de 34.749 casos confirmados e 725 óbitos, com 36 nesta semana.

 O estudo, comandado pela Universidade Feevale, sob coordenação do professor Fernando Spilki, projeta três cenários para o fim de ano: um pessimista, um otimista e um médio. Em um cenário mais pessimista, a ocupação nas UTIs na região estaria em 129% no Natal, por exemplo, enquanto o número de casos novos chegaria a 4.479 naquela semana. Na primeira semana de janeiro, estes números saltariam para 134% e 5.132, respectivamente, se não forem tomadas medidas adicionais para conter o avanço da pandemia. 

Comentários CORRIGIR TEXTO
Av. João Pessoa, 1282 - Farroupilha
Porto Alegre - RS - CEP 90040-001
Fone (51) 3213.1300