Feira do Livro de Caxias do Sul já teve mais de 2,9 mil livros vendidos - Jornal Cidades
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

COMENTAR |
CULTURA Alterada em 01/12 às 03h00min

Feira do Livro de Caxias do Sul já teve mais de 2,9 mil livros vendidos

Evento literário do município é o único do segmento com venda de livros e programação presencial neste ano no Rio Grande do Sul

Evento literário do município é o único do segmento com venda de livros e programação presencial neste ano no Rio Grande do Sul


ANDREIA COPINI/DIVULGAÇÃO/CIDADES
A 36ª edição das Feira do Livro de Caxias do Sul tem registrado um movimento constante, mas tranquilo nas bancas da Praça Dante Aleghieri. Somente nos três primeiros dias do maior evento literário da Serra Gaúcha já foram vendidos 2.964 livros, sendo que somente no domingo (29) foi registrada a venda de 1.198 exemplares.
No domingo teve início a contação de histórias no palco principal da Feira, com Tertulino Brandão, personagem de Roger Castro. Já no período da tarde ocorreu a mesa temática "Relato de Experiências", com escritores caxienses que participaram do projeto "Escritor na Comunidade 2020" que neste ano foi realizado de forma virtual. Já no final do dia, o bate-papo foi com os escritores Pedro Guerra e Gilmar Marcílio, que abordaram "O poeta fingidor: dos pseudônimos ao escritor ghostwriter". Além disso, o domingo teve 10 sessões de autógrafos na Feira do Livro.
Nesta segunda-feira (30) teve início o 16º Passaporte da Leitura, projeto que anualmente conta com encontro entre estudantes e escritores durante a programação da Feira do Livro de Caxias do Sul. Neste ano, devido a pandemia, o projeto literário permanece na programação na 36ª Feira do Livro, porém os encontros ocorrem virtualmente.
Participaram das lives desta segunda os escritores Alexandre Rampazo e Mônika Papescu. Já as escolas participantes destes encontros foram EMEF Caldas Júnior, EMEF São Vitor, EMEF Zélia R. Furtado, EMEF Erny de Zorzi, EMEF Catulo da Paixão Cearense, EMEF Alberto Pasqualini, EMEF Sem. Teotônio Vilela e EMEF Mário Quintana.
Os encontros do Passaporte da Leitura prosseguem até 11 de dezembro e podem ser conferidos no Facebook @FeiraDoLivroDeCaxiasDoSul e no canal do YouTube Feira do Livro Caxias do Sul. Todas as lives ficarão disponíveis nesses ambientes para quem não puder acompanhá-las ao vivo.
O tema desta edição da Feira do Livro é "Leitura, prazer e liberdade" e conta com o poeta, professor e jornalista Dinarte Albuquerque Filho como patrono do evento e o livreiro Paulo Roberto Fogaça como amigo do livro.
A programação envolvia 17 dias de atrações culturais e artísticas, realizadas de forma presencial (64) e virtual (32), abertas à comunidade e 28 bancas, sendo 20 de Caxias do Sul e oito de outros municípios, que oferecerão até 20% de desconto. Entrentanto, em virtude da manutenção de bandeira vermelha para a região de Caxias do Sul, a Secretaria da Cultura cancelou a programação presencial da 36ª Feira do Livro até sexta-feira (4). A partir de agora, somente a venda de livros será de forma presencial na Praça Dante Alighieri. A manutenção da programação presencial prevista a partir de sábado (5) dependerá da nova classificação do Governo do Estado.
A edição deste ano contará com 25 escritores nacionais, que têm encontro marcado com o público em 28 mesas temáticas, bate-papos, palestras e oficinas. Entre eles Jeferson Tenório, José Falero, Diana e Mário Corso, Juremir Machado, Luiz Antônio de Assis Brasil, Valesca de Assis, Celso Gutfrend, Roger Mello.
O escritor caxiense também será destaque na Feira do Livro, que contará com a participação de 22 autores locais, incluindo a 4ª edição do Projeto "Escritor na Comunidade". 
Comentários CORRIGIR TEXTO
Av. João Pessoa, 1282 - Farroupilha
Porto Alegre - RS - CEP 90040-001
Fone (51) 3213.1300