Diretora-geral da Câmara de Pelotas é exonerada por nepotismo - Jornal Cidades
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

COMENTAR |
LEGISLATIVO Notícia da edição impressa de 20/11/2020. Alterada em 20/11 às 03h00min

Diretora-geral da Câmara de Pelotas é exonerada por nepotismo

A 4ª Vara Cível da Comarca de Pelotas deferiu liminar para exoneração da diretora-geral da Câmara Municipal de Vereadores de Pelotas, Carmen Lucia Sanches Quevedo. Ela é ex-companheira do atual presidente do legislativo pelotense, José Sizenando dos Santos Lopes. O caso foi configurado como nepotismo.
Na ação civil pública (ACP) com pedido de tutela de urgência ajuizada pelo promotor de Justiça André Barbosa de Borba, da 1ª Promotoria de Justiça Especializada de Pelotas, foram atribuídos aos demandados atos de improbidade administrativa pela prática de nepotismo. "Constatou-se que o atual presidente da Casa Legislativa, tão logo assumiu o cargo, em janeiro deste ano, nomeou sua ex-companheira, com quem possui dois filhos, para o cargo em comissão a contar de 1º de janeiro de 2020 com salário de R$ 13.639,07", explica o promotor, dizendo que a escolha se deu por interesse pessoal e familiar e não público.
 
Comentários CORRIGIR TEXTO
Av. João Pessoa, 1282 - Farroupilha
Porto Alegre - RS - CEP 90040-001
Fone (51) 3213.1300