Bebês prematuros recebem polvos de crochê em Parobé - Jornal Cidades
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

COMENTAR |
SAÚDE Notícia da edição impressa de 20/11/2020. Alterada em 20/11 às 03h00min

Bebês prematuros recebem polvos de crochê em Parobé

O Novembro Roxo tem o grande objetivo de conscientizar a sociedade sobre o que de fato significa a prematuridade e todos os seus efeitos a curto e a longo prazo para todos os envolvidos, sejam eles o próprio bebê, a família, a equipe de saúde ou a nossa sociedade. Em uma ação referente à campanha, quatro voluntárias fizeram a doação de 60 polvinhos de crochê para presentear os bebês prematuros nascidos no Hospital São Francisco de Assis, de Parobé.

 O brinquedo proporciona conforto e segurança aos pequenos, pelo fato dos tentáculos lembrarem o cordão umbilical e, por esse motivo, ajudam na reabilitação dos recém-nascidos.  Além disso, para os pais de prematuros ou gestantes de alto risco e que necessitam ficar de repouso ou internadas para segurar por mais algumas horas, dias, semanas ou meses o bebê no ventres, a prematuridade, especialmente a extrema, é uma vivência emocional intensa, caracterizada como um momento de crise que esgota as reservas emocionais.

 O hospital de Parobé é referência obstétrica para a maioria dos municípios da região e teve, desde janeiro, 56 nascimentos de prematuros. O grupo está preparando uma nova remessa para o mês de dezembro.

Comentários CORRIGIR TEXTO
Av. João Pessoa, 1282 - Farroupilha
Porto Alegre - RS - CEP 90040-001
Fone (51) 3213.1300