Pelotas vai diminuir número de leitos exclusivos para Covid-19 - Jornal Cidades
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

COMENTAR |
CORONAVÍRUS Notícia da edição impressa de 12/11/2020. Alterada em 13/11 às 03h00min

Pelotas vai diminuir número de leitos exclusivos para Covid-19

Hospital Escola da UFPel passa a ter 20 espaços entre UTI e enfermaria

Hospital Escola da UFPel passa a ter 20 espaços entre UTI e enfermaria


/UFPEL/DIVULGAÇÃO/CIDADES

A partir desta semana, as alas exclusivas para o atendimento de pacientes confirmados ou suspeitos para infecção pelo coronavírus serão readequadas em Pelotas. A alteração nas unidades do Hospital Escola da UFPel e do Beneficência Portuguesa, dedicadas ao tratamento de casos relacionados à pandemia, se dará no mesmo período em que o Centro Covid se tornará a referência para todas as faixas etárias, disponibilizando um total de 42 vagas. A mudança auxilia na ampliação dos procedimentos cirúrgicos eletivos que estão sendo retomados no município.

Segundo a secretária de Saúde, Roberta Paganini, o Hospital Escola passou a oferecer 10 leitos de UTI e 10 de enfermaria Covid. A Beneficência Portuguesa deve começar realizar essa alteração a partir do dia 14 de novembro, passando a ter a mesma quantidade de vagas em leitos de UTI que o Hospital Escola, além de 16 leitos de isolamento para casos menos graves.

Entre os motivos para a readequação das alas, explica a secretária, está a taxa de internação de casos de coronavírus, que tem se mantido baixa e estável. "Além disso, os profissionais dessas áreas Covid estão muito cansados, é uma área muito estressante, de uma exigência maior do que de UTIs e enfermarias comuns. Muitos deles foram contratados emergencialmente, são reforços nas equipes que já existiam nos hospitais, e nem todos querem renovar seus contratos. Então, a redução nos leitos é relativa, também, à dificuldade de que os médicos permaneçam nos seus contratos", explicou.

Paganini ainda diz que a readequação das alas Covid surge no momento em que existe a necessidade de ampliar os atendimentos das cirurgias eletivas que estão sendo retomadas desde o mês passado. "Precisamos de leitos clínicos para poder fazer os procedimentos cirúrgicos eletivos, então realmente, essa redução dos leitos Covid vai ajudar para que mais procedimentos necessários sejam feitos", frisa.

Comentários CORRIGIR TEXTO
Av. João Pessoa, 1282 - Farroupilha
Porto Alegre - RS - CEP 90040-001
Fone (51) 3213.1300