Grupo é criado para projetar a Bento Gonçalves de 2040 - Jornal Cidades
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

COMENTAR |
URBANISMO Notícia da edição impressa de 14/10/2020. Alterada em 15/10 às 03h00min

Grupo é criado para projetar a Bento Gonçalves de 2040

Câmaras setoriais foram criadas para debater soluções em diversas áreas da cidade para daqui 20 anos

Câmaras setoriais foram criadas para debater soluções em diversas áreas da cidade para daqui 20 anos


/EXATA COMUNICAÇÃO/DIVULGAÇÃO/CIDADES

O conselho Bento 20 apresentou o resultado do trabalho que reuniu, por quase um ano, cerca de duas centenas de voluntários para planejar a Bento Gonçalves de 2040. O masterplan da cidade chega em formato de livro, apresentando diretrizes e ações em 10 áreas, sob o aval das 28 entidades que compõem o conselho. Com lançamento virtual, ainda no decorrer deste mês ele será entregue, em via impressa, aos candidatos que disputam as eleições ao Executivo municipal.

O material é uma espécie de plano de governo contínuo a ser implementado durante os próximos 20 anos para transformar Bento Gonçalves em uma cidade inteligente e sustentável. O trabalho necessita do poder público como um dos atores centrais na implantação do projeto. "Para um projeto dessa magnitude sair do papel, é preciso envolvimento muito maior do que só o da municipalidade. É a força coletiva da comunidade que vai capitanear a aplicabilidade das ideias. Por isso, ao lado do Executivo, a iniciativa privada e a sociedade civil formam o tripé de sustentação desse ousado plano para transportar Bento ao futuro", explica o presidente do Bento 20, Milton Milan.

Prova dessa complexidade é que a realização do trabalho requereu a criação de 10 câmaras técnicas. Além disso, os integrantes participaram de palestras e webinares sobre inovação e digitalização e radiografaram a situação socioeconômica de Bento Gonçalves. A partir desse cenário, exerceram a imaginação para projetar a Bento Gonçalves do futuro

As 10 câmaras também foram responsáveis por organizar o pensamento coletivo da sociedade de modo interligado, fazendo com que houvesse uma conexão entre as diretrizes de cada uma delas. Isso foi possível porque eixos estruturantes - inovação, educação, sustentabilidade, cidadania e inserção global - foram adotados para dar unidade aos objetivos planejados. "Construímos, com o masterplan, os caminhos para o desenvolvimento sustentável do município, prospectando o futuro de modo que as soluções pensadas nos conduza para sermos uma cidade inteligente e em constante progresso", diz o presidente do Bento 20.

O Conselho Municipal para Estudos, Diretrizes e Projetos Bento 20 começou a nascer em 2018, a partir do projeto "O Futuro da Minha Cidade", capitaneado pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção. Em novembro do ano passado, o prefeito Guilherme Pasin assinou um projeto de lei para criar o grupo. "A Bento Gonçalves que desejamos ver daqui a 20 anos está sendo construída agora mesmo, por todos nós. Ela será o resultado do que estivermos planejando, e sobretudo executando, no presente. Na condição de apoiador e encampador mor desse projeto, o Centro da Indústria, Comércio e Serviços de Bento Gonçalves (CIC-BG) referenda o ideal de coletividade em busca dos resultados", diz o presidente do CIC-BG, Rogério Capoani.

Comentários CORRIGIR TEXTO
Av. João Pessoa, 1282 - Farroupilha
Porto Alegre - RS - CEP 90040-001
Fone (51) 3213.1300