UCS começa a exportar grafeno para a Europa - Jornal Cidades
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

COMENTAR |
EXPORTAÇÕES Notícia da edição impressa de 13/10/2020. Alterada em 13/10 às 03h00min

UCS começa a exportar grafeno para a Europa

Sete meses após entrar em operação, a fábrica de grafeno da Universidade de Caxias do Sul (UCS) chegou ao mercado internacional. Na semana passada, foi realizada a primeira exportação do material, e o destino foi o mercado europeu. Amostras de grafeno foram fornecidas ao Centro de Engenharia e Desenvolvimento de Produto (CEiiA), de Portugal, instituto que concebe, implementa e opera produtos e sistemas inovadores. 

Os portugueses vão realizar ensaios com grafeno - material derivado do carbono, mais leve e resistente que existe, com diversas potencialidades em alta tecnologia - em componentes para as indústrias automotiva e aeronáutica. De acordo com o coordenador da planta caxiense, Diego Piazza, os desenvolvimentos realizados pela instituição poderão gerar valor agregado para produtos de Caxias do Sul e região. "As perspectivas são de que UCS e CEiiA compartilhem a produção de conhecimento a partir do trabalho conjunto. Estamos trabalhando para que o grafeno possa auxiliar no desenvolvimento das matrizes produtivas local, regional e nacional", ressalta.

O reitor Evaldo Kuiava, idealizador da instalação de uma planta produtiva de grafeno pela UCS, celebra a chegada ao mercado internacional como uma mostra da capacidade inovadora da universidade. "Pesquisa, inovação e tecnologia destacam a UCS no cenário nacional entre as instituições de ensino superior. A fábrica representa a materialização de uma proposta que visa levar à sociedade, em forma de produtos e processos inovadores, o conhecimento produzido dentro UCS", salienta.

Por sua vez, o presidente da Fundação Universidade de Caxias do Sul, José Quadros dos Santos, exalta a importância da primeira exportação do grafeno para uma instituição de soluções em alta tecnologia de um mercado em expansão como o europeu. "Criamos o espaço para trazer soluções modernas para empresas da região, do país e do exterior. Queremos nos tornar referência no fornecimento dessa tecnologia, que hoje é vista como de grande potencial para os chamados setores portadores de futuro", destaca.

Comentários CORRIGIR TEXTO

Av. João Pessoa, 1282 - Farroupilha
Porto Alegre - RS - CEP 90040-001
Fone (51) 3213.1300