Com curva em alta, Covid-19 traz preocupação em Gramado - Jornal Cidades
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

COMENTAR |
CORONAVÍRUS Notícia da edição impressa de 13/10/2020. Alterada em 13/10 às 03h00min

Com curva em alta, Covid-19 traz preocupação em Gramado

Município ficou de março até junho sem casos registrados; desde então, foram quase 1,4 mil confirmações

Município ficou de março até junho sem casos registrados; desde então, foram quase 1,4 mil confirmações


/EDISON VARA/PRESSPHOTO/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Pela quinta semana consecutiva, Gramado manteve uma média semanal superior a 100 novos casos positivos de Covid-19. Até o momento, são 1.381 registros desde a 24ª semana do ano (8 a 14 de junho), quando a cidade teve os primeiros três casos da doença. Desde então, o número de ocorrências tem crescido, mas a média registrada nas últimas cinco semanas tem se mantido num patamar que exige alerta e cuidados redobrados no município.

"O aumento de casos requer que as pessoas aumentem os cuidados de proteção. Estes dados indicam que o contágio pode estar acontecendo em ambientes domiciliares, como reuniões, jantares, almoços, churrascos, festas e confraternizações", comenta o diretor administrativo do Hospital São Miguel, Márcio Slaviero.

Para o diretor da Vigilância Sanitária, Sérgio Spannenberger, a manutenção do número de casos positivos num patamar tão alto justifica a não flexibilização de algumas atividades, que podem potencializar a disseminação da doença, como a liberação das piscinas e salas de jogos em hotéis, além de praças públicas. "É hora de redobrar os cuidados porque estamos num crescimento acelerado da doença", afirma Sérgio. Ele cita, ainda, que "não adianta as pessoas se cuidarem no ambiente de trabalho e na rua, se em casa não mantêm os mínimos cuidados de proteção à doença".

A elevada ocorrência de casos positivos também está impactando no Hospital Arcanjo São Miguel. A instituição vem tendo um número maior de internações e atendimentos por Covid. As Unidades de Terapia Intensiva (UTI) sempre estão com ocupação superior a 80% e as enfermarias também estão com a maior parte dos leitos preenchidos. Outro indicador é o número de atendimentos na Tenda Covid, no Posto de Saúde central: desde maio já foram realizados 5.043 atendimentos, sendo 332 somente nos primeiros seis dias de outubro.

Com a liberação do Estado para a realização de eventos, a cidade já tem confirmado eventos, como o Natal Luz - no qual é especulada a possibilidade de presença de público em shows - que será iniciado no fim destes mês, além de feiras, como a Festuris e a Zero Grau, voltada para o setor calçadista, que serão em novembro. Por ora, a prefeitura não se pronunciou sobre uma possível suspensão das festividades ou sobre de a forma pela qual fará o controle dos turistas na cidade.

Comentários CORRIGIR TEXTO
Av. João Pessoa, 1282 - Farroupilha
Porto Alegre - RS - CEP 90040-001
Fone (51) 3213.1300