Estado quer arrecadar R$ 2,7 bilhões com concessão da RSC-287 - Jornal Cidades
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

COMENTAR |
RODOVIAS Notícia da edição impressa de 21/09/2020. Alterada em 21/09 às 03h00min

Estado quer arrecadar R$ 2,7 bilhões com concessão da RSC-287

Trecho compreende mais de 200 quilômetros entre Tabaí e Santa Maria

Trecho compreende mais de 200 quilômetros entre Tabaí e Santa Maria


/GUSTAVO MANSUR/DIVULGAÇÃO/CIDADES

O Conselho Superior da Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados do Rio Grande do Sul (Agergs) homologou, em sessão pública através da internet, o edital de Concorrência Internacional de Concessões dos serviços de infraestrutura de transportes em trechos da rodovia RSC-287, totalizando 204,51 quilômetros de extensão, entre o município de Tabaí e Santa Maria.

Por meio das diretorias Jurídica, de Tarifas e de Qualidade, a agência reguladora analisou o edital para os serviços de operação, exploração, conservação, manutenção, melhoramentos e ampliação da infraestrutura de transporte em trecho da RSC-287. A Agergs sugeriu que seja solicitado à secretaria Extraordinária de Parcerias que observe as sugestões das diretorias, que trazem elementos para a melhoria e a qualificação técnica do edital, buscando prevenir futuras dificuldades no âmbito licitatório. O valor do contrato é de R$ 2,745 bilhões, com prazo de concessão de 30 anos para a empresa que assumir o trecho, que é uma importante ligação à Região Metropolitana de Porto Alegre.

Durante a tramitação do processo, o projeto recebeu contribuições da sociedade, por meio de agentes políticos, representantes dos legislativos locais e diversas associações, bem como manifestações do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Contadoria e Auditoria-Geral do Estado (Cage), Procuradoria-Geral do Estado (PGE) e da Agergs.

Conforme relatórios da modelagem do projeto, a RSC-287 constitui importante ligação entre polos econômicos e rodovias federais, como a BR-471 e BR-153, caracterizando-se por ter um tráfego pesado, principalmente de caminhões, e apresentar altos índices de acidentes, o que a coloca entre as estradas mais perigosas do RS. Por isso, o governo decidiu por conceder a rodovia para que sejam realizadas obras no local, a fim de melhorar o trânsito.

Comentários CORRIGIR TEXTO
Av. João Pessoa, 1282 - Farroupilha
Porto Alegre - RS - CEP 90040-001
Fone (51) 3213.1300