Laboratório da Furg retoma testes RT-PCR após 10 dias - Jornal Cidades
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

COMENTAR |
CORONAVÍRUS Notícia da edição impressa de 15/09/2020. Alterada em 15/09 às 03h00min

Laboratório da Furg retoma testes RT-PCR após 10 dias

O Laboratório de Apoio Diagnóstico em Infectologia (Ladi) do Hospital Universitário, da Universidade Federal do Rio Grande (HU-Furg), recebeu os insumos necessários para processar os testes para Covid-19, tipo RT-PCR. A testagem estava suspensa em virtude da falta de repasse de kits de extração. A retomada só foi possível após o recebimento do material disponibilizado pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Rio Grande do Sul (Lacen), do qual a instituição faz parte como rede de apoio.

Há 10 dias, a testagem foi paralisada. Os kits de extração utilizados que haviam sido adquiridos com recursos da Universidade Federal do Rio Grande (Furg) se esgotaram. Por esse motivo, o laboratório tomou a decisão de suspender novos testes, até que houvesse um repasse do Estado.

O Ladi recebeu kits para o processamento de duas mil amostras, o suficiente para realizar testagens por cerca de um mês. O laboratório é referência para o processamento de amostras de casos suspeitos e de óbitos de 21 municípios da 3ª Coordenadoria Regional de Saúde do estado do Rio Grande do Sul. 

Desde sua inauguração, em 9 de junho, o Ladi vinha processando as amostras com kits de extração adquiridos com recursos da Furg. Foram processados 3,2 mil testes para identificação do novo coronavírus, com resultados em até 48 horas. É importante ressaltar que, em alguns casos, é realizada mais de uma análise por paciente, repetindo o teste em uma mesma amostra para dar um diagnóstico.

Comentários CORRIGIR TEXTO
Av. João Pessoa, 1282 - Farroupilha
Porto Alegre - RS - CEP 90040-001
Fone (51) 3213.1300