Festas clandestinas são identificadas em pontos de Pelotas - Jornal Cidades
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

COMENTAR |
FISCALIZAÇÃO Notícia da edição impressa de 15/09/2020. Alterada em 18/09 às 14h55min

Festas clandestinas são identificadas em pontos de Pelotas

Operações integradas das forças policiais tentaram coibir aglomerações

Operações integradas das forças policiais tentaram coibir aglomerações


MICHEL CORVELLO/DIVULGAÇÃO/CIDADES
Pelotas, pouco mais de um mês após ter adotado lockdown, vive um período de certa estabilidade em relação à pandemia. No entanto, segundo especialistas do setor de epidemiologia, é fundamental continuar observando as medidas de distanciamento social e o uso de equipamentos de proteção, como máscara e álcool em gel, para manter a curva em baixa.
Com o objetivo de manter o foco na prevenção e no combate à pandemia, as forças de segurança do município patrulharam a cidade no fim de semana, por meio das Operações Integradas, com intuito de manter o isolamento social e fiscalizar infrações, como a formação de aglomerações, comércio aberto irregularmente e fora do horário permitido. "Foi o primeiro domingo chuvoso, desde o início da pandemia em Pelotas. Por isso, o movimento nas ruas está bem mais calmo, e há um menor número de ocorrências", explicou o secretário de Segurança Pública, Samuel Ongaratto.
Viaturas percorreram locais conhecidos por registrar movimentação noturna, como a avenida Duque de Caxias, o prolongamento da avenida Pinheiro Machado, nas proximidades do Distrito Industrial, Centro e avenida Bento Gonçalves. Um posto de gasolina, localizado em uma rodovia, foi o ponto escolhido por grupo de 20 pessoas para um encontro com som alto e sem uso de máscaras de proteção facial. A fiscalização esteve no local e autuou os envolvidos "As festas clandestinas têm ocorrido, cada vez mais, nas proximidades da zona rural, com objetivo de tentar driblar a fiscalização", observou Ongaratto.
Outra denúncia, relacionada a um bairro da cidade, levou os agentes de segurança a identificar o local onde havia reunião com 32 pessoas, em um salão improvisado, com comércio de bebida alcoólica e atividade de máquinas caça-níqueis. A Guarda Municipal atendeu a ocorrência, multou e conduziu os envolvidos até a delegacia de Polícia Civil.
Comentários CORRIGIR TEXTO
Av. João Pessoa, 1282 - Farroupilha
Porto Alegre - RS - CEP 90040-001
Fone (51) 3213.1300