Pesquisa vai avaliar hábitos das famílias de Pelotas na pandemia - Jornal Cidades
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

COMENTAR |
CORONAVÍRUS Notícia da edição impressa de 01/09/2020. Alterada em 02/09 às 03h00min

Pesquisa vai avaliar hábitos das famílias de Pelotas na pandemia

Enfoque está nas crianças de zero a 12 anos e a relação com cuidadores

Enfoque está nas crianças de zero a 12 anos e a relação com cuidadores


/MICHEL CORVELLO/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Os cursos de Odontologia das Universidades Católica de Pelotas (UCPel) e Federal de Pelotas (UFPel) lançaram uma pesquisa para identificar os impactos provocados pela pandemia em crianças de zero a 12 anos e na relação com seus cuidadores. O estudo quer analisar como os núcleos familiares estão enfrentando esse período com as crianças em casa.

Através de questionário, com tempo de médio de respostas de 15 minutos, informações sobre rotina familiar, impactos financeiros, alterações de hábitos alimentares, rotina de higiene bucal, tempo de uso de tela pela criança, violência doméstica e familiar, acesso a serviços de saúde, entre outros, serão colhidas. As questões são voltadas para os pais, responsáveis legais ou cuidador principal das crianças.

De acordo com a professora da UCPel, Luísa Jardim de Oliveira, os resultados do estudo irão gerar, além de publicações científicas, materiais educativos voltados à população e aos profissionais de saúde. "O principal objetivo do nosso estudo é identificar formas de acessar essas famílias, levando em conta o distanciamento social, para proteger crianças e oferecer auxílio aos seus cuidadores", explica.

A pesquisa das Universidades está sendo realizada através de formulário on-line, disponibilizado via redes sociais no perfil do Instagram @pesquisaconvivendoemfamília. Outra forma que os pesquisadores vem atuando é através do envio do questionário via whatsapp para usuários das Unidades Básicas de Saúde. 

A meta do grupo neste momento é aumentar a participação das famílias pertencentes às classes D e E. " Queremos acessar todas as famílias para compreender o que ta acontecendo com as crianças durante o distanciamento social de uma forma mais representativa", completa

Comentários CORRIGIR TEXTO
Av. João Pessoa, 1282 - Farroupilha
Porto Alegre - RS - CEP 90040-001
Fone (51) 3213.1300