Mulher se passa por primeira dama para aplicar golpes em Tramandaí - Jornal Cidades
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

COMENTAR |
FRAUDE Notícia da edição impressa de 09/07/2020. Alterada em 09/07 às 03h00min

Mulher se passa por primeira dama para aplicar golpes em Tramandaí

Uma loja de Tramandaí informou à prefeitura que uma mulher tentou aplicar um golpe via WhatsApp se passando pela primeira dama, Lu Gauto, e também por uma suposta secretária do prefeito, Luiz Carlos Gauto. Nas conversas que foram salvas, assim como os áudios, a mulher pergunta se a loja tinha perfumes e tênis e diz que efetuaria o pagamento por meio de transferência bancária.
A mulher ainda cita que caso o negócio se confirme, também permitirá a reabertura do comércio. O suspeito cai em contradição durante a conversa e a todo momento cita que os itens não podem ser entregues na prefeitura. A prefeitura emitiu um comunicado em que reitera que se trata de um golpe.
Todo o material será encaminhado para registro de boletim de ocorrência na delegacia de Tramandaí. A abertura do comércio não essencial está proibida durante a vigência da bandeira vermelha.
 
Comentários CORRIGIR TEXTO
Av. João Pessoa, 1282 - Farroupilha
Porto Alegre - RS - CEP 90040-001
Fone (51) 3213.1300