Praça histórica de Teutônia é reinaugurada após reforma - Jornal Cidades
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

COMENTAR |
PATRIMÔNIO Notícia da edição impressa de 06/07/2020. Alterada em 07/07 às 03h00min

Praça histórica de Teutônia é reinaugurada após reforma

Construído na década de 1950, local, que é um dos mais antigos da cidade, foi reaberto na semana passada

Construído na década de 1950, local, que é um dos mais antigos da cidade, foi reaberto na semana passada


/LÉO WIEBUSCH/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Um dos espaços públicos mais antigos de Teutônia está de cara nova. A Praça Pastor Hugo Erich Wilhelm Ziebarth, no bairro Canabarro, passou por um processo de revitalização e foi oficialmente entregue à comunidade. O local foi construído nos anos 1950. 

Segundo o prefeito, Jonatan Brönstrup, a revitalização da praça buscou valorizar a importância do espaço para a comunidade do bairro e do município. "É uma das praças mais antigas de Teutônia, que traz consigo toda uma importância histórica. Por isso, nada mais justo que revitalizar este importante espaço de lazer, prática de atividades físicas e de convívio familiar. Uma espaço para toda a população, que tem o dever de nos auxiliar a cuidar deste local", enalteceu. 

Dentre os momentos marcantes, em 1958, foi palco dos festejos do centenário da colonização de Teutônia, momento que contou com a presença do então governador do Estado, Ildo Meneghetti. O nome original da praça era desconhecido por muitas pessoas e veio à tona durante a revitalização, inclusive quando se tomou conhecimento da lei que denomina o espaço.

O astor Ziebarth nasceu em Berlim, na Alemanha, e foi o pastor responsável por várias comunidades evangélicas de Confissão Luterana de Teutônia e de municípios vizinhos entre 1930 e 1965. Conforme o historiador Selby Wallauer, Ziebarth se deslocava entre as comunidades com uma charrete, puxada por um cavalo considerado membro da família do pastor. "Ele percorria as péssimas estradas em charrete com duas altas rodas de madeira revestidas com arco de ferro, porém o veículo proporcionava certo conforto, porque as molas acondicionadas amorteciam os solavancos ocasionados pelas pedras e buracos", relembrou.

Wallauer ainda coloca que o pastor contribuiu ativamente no crescimento das comunidades e, consequentemente, do município. "Ele não costumava participar das festividades, pois tinha muitos compromissos eclesiásticos. Ele era muito ativo e dedicado às comunidades onde atuava e, sem sombra de dúvida, deixou a sua marca por onde passou", pontuou.

Comentários CORRIGIR TEXTO
Av. João Pessoa, 1282 - Farroupilha
Porto Alegre - RS - CEP 90040-001
Fone (51) 3213.1300