Madeira apreendida vira casa em aldeia de Barra do Ribeiro - Jornal Cidades
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

COMENTAR |
HABITAÇÃO Notícia da edição impressa de 01/07/2020. Alterada em 01/07 às 03h00min

Madeira apreendida vira casa em aldeia de Barra do Ribeiro

Índios da aldeia Mbya Guarani Yvy Poty, de Barra do Ribeiro, estão com uma casa quase pronta na aldeia. A construção ocorreu em dois dias. A madeira foi cedida para a Divisão Indígena e Quilombola da secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural do Estado pela pasta estadual de Meio Ambiente.

A parceria conta com o apoio do Conselho Estadual dos Povos Indígenas. Foram 10 metros cúbicos de madeira serrada de cedro apreendidas em Victor Graeff, no norte do Rio Grande do Sul, e transportadas para a aldeia. Esta é a segunda doação para a aldeia. A primeira foi de cedrinho para fechar as aberturas das casas. 

"Uma das melhores políticas públicas para as comunidades indígenas ou para qualquer outro setor vulnerável é aquela que atinge justamente as demandas mais importantes das comunidades, aquilo que chega na hora certa atendendo a uma necessidade e que tem continuidade", afirma a socióloga Márcia Londero.

No Estado, das 158 aldeias, 54 são guarani, a maior população indígena dos litorais do Sul e Sudeste. Todas as aldeias têm deficit habitacional.

Comentários CORRIGIR TEXTO
Av. João Pessoa, 1282 - Farroupilha
Porto Alegre - RS - CEP 90040-001
Fone (51) 3213.1300