Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

COMENTAR | CORRIGIR
SAÚDE Notícia da edição impressa de 30/06/2020. Alterada em 30/06 às 03h00min

Com aumento nas internações, sistema de saúde de Canoas está perto do colapso

Dos 88 leitos de UTI da cidade, 77 estão ocupados, sendo 26 por Covid

Dos 88 leitos de UTI da cidade, 77 estão ocupados, sendo 26 por Covid


/DERLI COLOMO JÚNIOR/DIVULGAÇÃO/CIDADES

O prefeito de Canoas, Luiz Carlos Busato, afirmou, através das suas redes sociais, que o sistema de saúde da cidade está perto do colapso. De acordo com dados do governo do Estado, dos 88 leitos de Unidade de Terapia Intensiva disponíveis, 77 estão ocupados (87,5%). Destes, 26 (33,76%) são por pacientes confirmados ou com suspeita de Covid-19. A saturação dos espaços de alta complexidade deve gerar repercussão nas cidades próximas, como Porto Alegre, São Leopoldo e Novo Hamburgo.

Busato disse que comunicou a secretaria estadual da Saúde sobre a elevação no número de pacientes em UTI's e o risco do sistema colapsar nos próximos dias. Ele afirmou que, mesmo com a abertura de hospitais de campanha e a ampliação dos leitos nos hospitais da cidade, a capacidade está se esgotando. A situação é menos dramática em leitos clínicos. Dos 156 disponíveis exclusivamente para tratar a Covid-19, 54 estão ocupados (34,6%).

Como medida para conter o avanço das ocupações, a prefeitura de Canoas determinou, a partir desta semana, a suspensão das cirurgias eletivas - sem caráter emergencial, aquelas que não colocam em risco a vida do paciente. A medida foi tomada para que as equipes de sala de recuperação sejam remanejadas para atendimento de UTI e leitos clínicos. "Canoas atende 5 mil pessoas por dia - além dos canoenses, gaúchos de mais de 150 municípios. Com todos, tenho a responsabilidade de ser realista e transparente. A previsão de uma situação ainda mais aguda, infelizmente, está se confirmando. A expansão da pandemia é muito grave", disse o prefeito.

A cidade, assim como a Região Metropolitana, está na bandeira vermelha do distanciamento controlado do Estado - e assim vai permanecer por, pelo menos, mais 14 dias, de acordo com a regras. Até ontem, Canoas tinha confirmado 510 casos da doença.

COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia
Av. João Pessoa, 1282 - Farroupilha
Porto Alegre - RS - CEP 90040-001
Fone (51) 3213.1300