Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

COMENTAR | CORRIGIR
CORONAVÍRUS Notícia da edição impressa de 22/06/2020. Alterada em 22/06 às 03h00min

Aldeia indígena tem surto de Covid-19 em São Leopoldo

A secretaria municipal da Saúde de São Leopoldo enviou uma equipe de testagem de coronavírus até a aldeia Kaingang Por Fi gá, localizada no bairro Feitoria. Na ação, sete indígenas testaram positivo através do teste rápido, entre os 27 que apresentavam sintomas gripais.

 A rapidez na ação de resposta foi fundamental para a constatação do surto na comunidade conforme o secretário de Saúde, Ricardo Brasil Charão. "Recebemos um informe da secretaria estadual que havia teste positivo na comunidade indígena da Lomba do Pinheiro, em Porto Alegre, e que este havia frequentado a aldeia leopoldense. Com isso, fomos com a equipe até lá, testamos os sintomáticos, encontramos sete casos positivos entre eles. Pela relevância do caso, estive na aldeia, conversei com o cacique José e o vice Cacique Antonio, orientamos sobre a importância do isolamento em suas casas, distribuímos máscaras, álcool gel e vamos seguir monitorando com toda a devida atenção", afirmou Charão.

 Em um outro momento, outra equipe realizou a entrega de máscaras de tecido, álcool em gel (ao menos uma garrafa para cada residência), álcool líquido 70% para higienização dos ambientes e reforçou as orientações quanto ao isolamento e suspensão de atividades coletivas, dentre elas, os cultos religiosos.

A situação está sendo acompanhada pelo Gabinete de Gestão de Crise Municipal, junto com lideranças da aldeia e da secretaria de Desenvolvimento Social. Medidas mais restritivas são analisadas. O Centro de Operações em Emergência da Saúde (COE) foi informado do caso, assim como o Ministério Público Federal. A comunidade conta com um posto avançado de saúde permanente dentro da aldeia, assim como recebe quinzenalmente atendimento médico.

COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia
Av. João Pessoa, 1282 - Farroupilha
Porto Alegre - RS - CEP 90040-001
Fone (51) 3213.1300