Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

COMENTAR | CORRIGIR
CORONAVÍRUS Notícia da edição impressa de 15/05/2020. Alterada em 14/05 às 17h13min

Estrela pede na justiça mudança da bandeira vermelha do Vale do Taquari

Classificação atual restringe atividades, como o comércio

Classificação atual restringe atividades, como o comércio


PAULO RICARDO SCHNEIDER/DIVULGAÇÃO/CIDADES
O município de Estrela ingressou na Justiça com ação em que solicita ao governo do Estado que refaça o cálculo da tabela do distanciamento controlado. O motivo é pelo fato do Vale do Taquari ter recebido a bandeira vermelha, que limita diversos serviços na região abrangida como, por exemplo, a abertura do comércio.
{'nm_midia_inter_thumb1':'', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5c6f03d777ac4', 'cd_midia':8634598, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/gif/2019/02/21/banner_whatsapp_280x50px_branco-8634598.gif', 'ds_midia': 'WhatsApp Conteúdo Link', 'ds_midia_credi': 'Thiago Machado / Arte JC', 'ds_midia_titlo': 'WhatsApp Conteúdo Link', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '280', 'cd_midia_h': '50', 'align': 'Center'}
No pedido, a prefeitura argumenta que quatro leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) não foram considerados quando da elaboração do estudo, que se computados poderão reclassificar a bandeira. A ação contraria o decreto estadual em vigor, justamente por ele atribuir à região dos Vales uma bandeira diferente daquela que deveria ter sido, de acordo com análise do município.
Conforme o prefeito, Rafael Mallmann, no dia 8 de maio foram cadastrados dois leitos de UTI que não foram contabilizados quando da conclusão do estudo e definição das classificações das regiões, bem como havia dois pacientes de outras regiões internados na UTI do Hospital Estrela. Para Mallmann, se o Vale baixar este indicador – sendo consideradas as situações que aponta na ação – o Vale do Taquari seria classificado com a bandeira laranja e não vermelha. 
Mallmann esteve reunido com um grupo de prefeitos em Lajeado, onde colocou o assunto em pauta. Por fim, decidiu ingressar com a ação. O procurador jurídico do município, Guilherme Gewehr, explica que no processo, além dos argumentos apresentados, é importante a reclassificação para que sejam aplicadas as corretas medidas sociais de distanciamento e outras no que se refere ao enfrentamento e ao combate à pandemia do novo coronavírus.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia
Av. João Pessoa, 1282 - Farroupilha
Porto Alegre - RS - CEP 90040-001
Fone (51) 3213.1300