Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

COMENTAR | CORRIGIR
SAÚDE Notícia da edição impressa de 26/03/2020. Alterada em 26/03 às 03h00min

Fazenda Vilanova adota rodízio para médicos da cidade

A equipe da Unidade Básica de Saúde (UBS), de Fazenda Vilanova, esteve reunida com a equipe administrativa da secretaria municipal de Saúde Cidadania e Atenção Social, para criar um sistema de rodízio de seus profissionais. A doutora da UBS, Joana Cazarotto da Costa apresentou a proposta aos profissionais, com base no exemplo dos hospitais de Porto Alegre, que estão adotando o esquema de rodízio entre médicos.

Segundo o secretário responsável pela Pasta, João Batista Fernandes, nesse momento, não somente os médicos, mas todos os profissionais de saúde estão muito expostos ao vírus, e junto disso ainda carregam consigo uma carga grande de sentimentos como o medo, angústia e ansiedade. Diariamente, os profissionais de saúde jovens são os que estão sendo colocados à frente de atendimentos, por conseguirem se recuperar com maior facilidade, mas isso também acaba aumentando as chances de contágio, e consequentemente, de adoecimento.

Para isso, foi montado junto ao posto de saúde do município duas equipes, com profissionais de vários setores presentes em cada uma delas, garantindo que em todos os períodos haja um profissional capacitado para realizar a coleta do teste caso seja necessário. Uma equipe inicia os atendimentos, os quais realiza durante uma semana, enquanto a outra equipe permanece em isolamento, em casa; na semana seguinte, os profissionais que trabalharam entram em quarentena. Com isso foi possível montar uma escala que permite sete dias de recuperação para cada profissional após uma semana de trabalho. "Estamos diante de uma situação complicada, mas precisamos de coragem para seguir em frente. Assim como toda a população, nós também precisamos de um tempo para respirar, descansar e permitir que nos recuperemos após uma semana de exposição", afirma Joana.

COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia
Av. João Pessoa, 1282 - Farroupilha
Porto Alegre - RS - CEP 90040-001
Fone (51) 3213.1300