Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

COMENTAR | CORRIGIR
SEGURANÇA Notícia da edição impressa de 12/03/2020. Alterada em 12/03 às 03h00min

Pelotas quer viabilizar cercamento eletrônico na cidade

Uma reunião na prefeitura de Pelotas debateu questões técnicas para viabilizar a implementação do cercamento eletrônico em Pelotas a instalação de câmeras de vídeo para a identificação de veículos. A ideia é atender as zonas urbana e rural, cobrindo, em uma primeira fase, as principais entradas da colônia, para posteriormente atingir localidades do interior do município.

 Presente no encontro, o vereador Fabrício Tavares anunciou a liberação de recursos oriundos de emenda parlamentar para as áreas da saúde e segurança pública. Os recursos, na ordem de R$ 300 mil, serão investidos no cercamento eletrônico ou videomonitoramento e outros R$ 150 mil na compra de um raio x para o Pronto Socorro de Pelotas (PSP), atendendo pedido da direção da instituição.

 A etapa atual de estudos para o cercamento eletrônico analisa qual meio seria mais eficiente para a instalação do sistema, via rádio ou por fibra ótica, e quais parcerias poderiam ser estabelecidas para viabilizar o projeto. Outra questão é se o sistema irá operar apenas na identificação de veículos, por meio do escaneamento das placas, ou se poderá contar com a tecnologia de reconhecimento facial, que seria útil, por exemplo, para a localização de pessoas desaparecidas.

 "O cercamento eletrônico tem esse foco de filmar os veículos, especificamente as placas, auxiliando na identificação de veículos roubados. O videomonitoramento é diferente, ele filma o movimento da rua", explicou o secretário de Segurança Pública, Aldo Bruno. A ideia é que o estudo seja feitos nos próximos meses para concluir em quais pontos as câmeras serão instaladas em Pelotas.

COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia
Av. João Pessoa, 1282 - Farroupilha
Porto Alegre - RS - CEP 90040-001
Fone (51) 3213.1300