Com capacidade de 500 quilos por ano, fábrica de grafeno será inaugurada na cidade - Jornal Cidades
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

COMENTAR |
CAXIAS DO SUL Notícia da edição impressa de 12/02/2020. Alterada em 18/02 às 03h00min

Com capacidade de 500 quilos por ano, fábrica de grafeno será inaugurada na cidade

Está marcada para 14 de março a inauguração da planta fabril de produção de grafeno na Universidade de Caxias do Sul (UCS), no campus-sede da instituição. Será a primeira planta de produção de grafeno em escala industrial da América Latina. Há a expectativa que o presidente, Jair Bolsonaro, esteja na cidade para a inauguração.

O reitor, Evaldo Antonio Kuiava conta que, conforme o cronograma, a nova estrutura já está em fase de testes. A partir do início de seu funcionamento, no mês de março, terá capacidade de produzir 500 quilos do material ao ano.

Considerado o principal recurso da atualidade para aplicações em alta tecnologia, o grafeno é pesquisado na UCS desde 2005, com desenvolvimentos nas áreas de nanotecnologia, medicina regenerativa, revestimentos avançados, tecidos inteligentes e segurança alimentar, entre outras. Por ser o material mais leve e resistente que existe, com altíssima condutividade térmica e elétrica, a universidade aposta na oferta de grafeno em escala industrial como meio para o avanço tecnológico da matriz econômica regional. "Investindo em pesquisa e inovação estamos cumprindo nosso papel em prol do desenvolvimento do país por meio da ciência e da tecnologia", define Kuiava.

Comentários CORRIGIR TEXTO
Av. João Pessoa, 1282 - Farroupilha
Porto Alegre - RS - CEP 90040-001
Fone (51) 3213.1300