Área de 36 hectares de pedreira é cedida para Capão do Leão - Jornal Cidades
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

COMENTAR |
PELOTAS Notícia da edição impressa de 09/01/2020. Alterada em 09/01 às 16h57min

Área de 36 hectares de pedreira é cedida para Capão do Leão

Prefeitos dos dois municípios formalizaram acordo por 30 anos; intenção é construir um parque no local

Prefeitos dos dois municípios formalizaram acordo por 30 anos; intenção é construir um parque no local


/GUSTAVO VARA/DIVULGAÇÃO/CIDADES
Um novo ponto turístico, de lazer, esporte, cultura e preservação ambiental está prestes a tomar forma na região. A prefeita de Pelotas, Paula Mascarenhas, oficializou a cessão da extinta Empresa da Pedreira Municipal ao município de Capão do Leão. A proposta é explorar as potencialidades do local, que conta com mais de 36 hectares, e oferecer à população um parque de convivência e visitação, que também resgate o seu aspecto histórico, reconhecendo a importância do legado da empresa para o crescimento da cidade e da zona sul.
A assinatura do termo de transmissão corresponde à cessão pelo período de 30 anos,  podendo ser renovado. A prefeita Paula Mascarenhas afirmou que este é um passo fundamental para o aproveitamento da área, visando ao desenvolvimento da zona sul e ao lazer da população. "Levando-se em conta o fato de que é inviável dar seguimento à exploração mineral da área, destiná-la à geração de renda e à preservação ambiental é o melhor caminho", ressaltou ela. "Vamos sair de uma atividade primária, que foi muito importante durante décadas para a região, e entrar em uma atividade do setor terciário, conectando esporte, turismo, lazer e educação ambiental - áreas que crescem ilimitadamente. Será benéfico não só para Capão do Leão, mas também, para Pelotas e toda a zona sul", complementou.
O geólogo Ricardo Decker detalhou a trajetória da pedreira no município, cujo início remonta à década de 60. Para ele, a decisão das duas prefeituras significa um ato de grandeza, coragem e inteligência. "O Capão do Leão conquista uma chance excepcional de restabelecer usos compatíveis à área, conectados com a realidade atual, obtendo ganhos ambientais e comunitários", pontuou.
Os planos para a área, localizada na área urbana e correspondente a aproximadamente 36 campos de futebol, já estão sendo feitos pelo município que cuidará da área, conforme explicou o prefeito Mauro Nolasco. Entre eles, a transferência do Departamento de Meio Ambiente da prefeitura para o local, a fim de receber os visitantes. "A pedreira tem um potencial turístico extraordinário. Queremos aproveitá-lo trabalhando a questão ambiental e organizar a prática de esportes, como ciclismo e rapel", contou Nolasco, assinalando a importância da sensibilidade da prefeitura de Pelotas para concretizar a cedência.
 
Comentários CORRIGIR TEXTO
Av. João Pessoa, 1282 - Farroupilha
Porto Alegre - RS - CEP 90040-001
Fone (51) 3213.1300