Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

COMENTAR | CORRIGIR
SANTA MARIA Notícia da edição impressa de 03/12/2019. Alterada em 03/12 às 03h00min

Evento circense atrai público superior a 15 mil pessoas

A 5ª edição do Santa Maria Sesc Circo chega ao fim após seis dias de muita cultura e alegria. Mais de 15 mil pessoas foram contagiadas com a magia do circo, quando foram realizados 19 espetáculos em 36 sessões gratuitas com grupos gaúchos e de outros Estados brasileiros, como São Paulo e Minas Gerais. A Gare da Estação Férrea de Santa Maria esteve movimentada com a lona montada para receber as apresentações, mas a cidade pôde vivenciar o festival em diferentes pontos como no Centro de Atividades Múltiplas Garibaldi Pogetti, Hospital Universitário de Santa Maria, Theatro Treze de Maio e o deck do Mercado Público.

 Para a coordenadora de Artes Cênicas e Visuais do Sesc/RS, Jane Schoninger, um dos grandes ganhos desta edição foi a ampliação do evento para as escolas, incluindo comunidades rurais e indígenas. "As ações culturais que fazemos buscam formar plateias que apreciem diferentes tipos de cultura e foi um passo importante levar os espetáculos para esses lugares. Foi um encontro muito potente entre as comunidades e o trabalho circense", afirma. O festival foi encerrado em grande estilo pelo Grupo Trampulim, de Minas Gerais, com um espetáculo envolvente, bem-humorado e musical. 

 A semana foi de diversidade entre as apresentações, neste ano mais focadas na palhaçaria, apesar de também mostrarem técnicas de malabarismo, aéreos, acrobacias e, pela primeira vez, mágica. "Foram mostradas ao público diferentes propostas que encontramos no Brasil e isso enriquece tanto os artistas, com a troca de vivências, quanto o público, com as novas descobertas. O circo é uma arte popular e o festival proporciona que a população viva essa experiência, a magia do circo e o que está no imaginário de cada um", acredita Jane.

COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia
Av. João Pessoa, 1282 - Farroupilha
Porto Alegre - RS - CEP 90040-001
Fone (51) 3213.1300